Nilópolis Online
Notícias de Nilópolis todo dia

Moradores de Nilópolis sofrem com integração ônibus-metrô

Receba as matérias da sua cidade em primeira mão no seu smartphone ou tablet. WhatsApp CLIQUE AQUI ou Telegram CLIQUE AQUI

Quem mora em Nilópolis e precisa se utilizar do Metrô para chegar ao Rio de Janeiro, está tendo dificuldades para conseguir se utilizar do meio de transporte. O motivo, a maioria dos nilopolitanos já conhece: os péssimos serviços prestados pela empresa de ônibus Turismo Trans1000. Na nossa redação recebemos diariamente muitos emails de moradores que reclamam de inúmeros problemas. As principais queixas se referem ao não cumprimento dos horários e o péssimo estado de conservação dos ônibus utilizados na linha 651 (Mesquita x Metrô Pavuna). A nossa equipe foi as ruas e constatou que a quantidade de reclamações é enorme.

TRANS1000
Foto: Pablo Vieira

Em um ponto no bairro do Cabuís, encontramos pelo menos 3 pessoas que já estavam aguardando pelo ônibus por quase 40 minutos. “Eu cheguei aqui eram 14h10 e já são quase 15h e nada do ônibus, passa tudo quanto é tipo de ônibus, menos o do Metrô, é assim todo dia, eu tenho que chegar no ponto e contar com a sorte de passar um. Saio de casa com pelo menos uma hora de antecedência”, relatou o vigilante Wilson Lima. Além dele, o casal Joel e Luana também estavam aguardando o ônibus que só chegou ao ponto por volta de 15h15. “É sempre assim, demora muito, não aguentamos mais, ninguém toma providência. Essa linha é a mais rápida e se formos pegar outra condução o tempo de viagem é 30 minutos maior”, diz Joel.

Inicialmente, o sistema de integração entre ônibus e o metrô era feito pela linha 652 (Nilópolis x Metrô Pavuna), porém há quase cinco anos, moradores contam que a empresa Turismo Trans1000 extinguiu a linha e obrigou os passageiros a se utilizarem da linha 651 que faz o mesmo itinerário, porém os ônibus saem do município de Mesquita. “A empresa mudou tudo, antigamente pegava o ônibus na Rodoviária de Nilópolis, agora tenho que esperar ele no viaduto”, diz a estudante Luciana Paiva que uma vez por semana usa o metrô para ir ao bairro de Copacabana, no Rio.

A mudança de itinerário, acabou beneficiando outros moradores, principalmente aqueles que residem nas proximidades da divisa com o município de Mesquita, onde a linha 652 não atendia, porém, mesmo assim, os moradores não estão satisfeitos com o serviço da empresa Trans1000. “Gostei que colocaram a linha aqui, mas não há como ficar no ponto esperando o ônibus por 1 hora, é uma vergonha, eles melhoram de um lado e estragam do outro”, reclama Luiz Antônio, analista de sistemas e morador do bairro Nossa Senhora de Fátima que diariamente usa a linha de ônibus para se deslocar até o bairro de Ipanema, Zona Sul do Rio, onde trabalha.

Realmente o intervalo entre os ônibus foi a responsável pela maioria das queixas apresentadas nos emails e nas ruas. Os diversos relatos dão conta que o tempo de espera de um ônibus está girando em torno de 1 hora, o que foi comprovado pela nossa equipe enquanto fazíamos a matéria. As outras queixas se referem ao estado de conservação dos ônibus e a qualidade do atendimento prestado pelos funcionários da empresa Turismo Trans1000.

Tem sofrido com a linha de integração com o Metrô ? Conte para nós o seu problema. Use o campo abaixo e dê o seu depoimento.

.

você pode gostar também
Comentários
Carregando...