Nilópolis Online
Notícias de Nilópolis todo dia

Ficou no papel: Guarda Ambiental deveria fiscalizar o Gericinó

Receba as matérias da sua cidade em primeira mão no seu smartphone ou tablet. WhatsApp CLIQUE AQUI ou Telegram CLIQUE AQUI

SERGIO SESSIM
Ex-prefeito Sergio Sessim (PP). Foto: Divulgação

Com a preocupação e conscientização de proteger o meio ambiente de Nilópolis, e agregar responsabilidades entre a população e o verde do município, deveria estar em funcionamento a Guarda Ambiental de Nilópolis.

Por meio do decreto 6342, de 14 de dezembro de 2011, publicado na edição 2904 do Jornal A Voz dos Municípios Fluminenses (Diário Oficial), o prefeito Sergio Sessim criou o órgão, que estaria vinculada à Guarda Municipal e apoiaria os órgãos de proteção ao Meio Ambiente, como as polícias Federal, Militar Florestal, Corpo de Bombeiros, IBAMA, Defesa Civil, dentre outros.

Os agentes teriam como principais objetivos guardar, proteger e fiscalizar o patrimônio natural ambiental do município, através de ações de patrulhamento ambiental, agindo principalmente na fiscalização ambiental preventiva, educativa e punitiva de acordo com as diretrizes da Secretaria Municipal do Meio Ambiente (SEMMA).

O decreto dizia ainda, que os guardas, iriam participar de cursos de treinamentos, capacitação e reciclagem ministrados pelos técnicos da SEMMA, e deveriam prevenir, fiscalizar e combater incêndios florestais e queimadas dentro do Parque Municipal Natural do Gericinó, porém até hoje nenhum guarda foi formado e o patrulhamento dentro do Parque do Gericinó continua a cargo de agentes da Guarda Municipal.

você pode gostar também
Comentários
Carregando...

Este site utiliza cookies para melhorar sua experiência. Nós garantimos que está tudo certo com isso, mas você pode não desejar isso. Aceitar Saiba Mais