Nilópolis Online
Notícias de Nilópolis todos os dias

Publicidade

Dia Internacional da Pessoa com Deficiência é lembrado em Nilópolis

O Dia Internacional da Pessoa com Deficiência, comemorado no dia 3 de dezembro, foi lembrado mais uma vez em Nilópolis com uma grande ação realizada pela Secretária Municipal de Cidadania e Direitos Humanos, no último dia 02, no calçadão da Avenida Mirandela.

EVENTO DEFICIÊNCIA
Foto: Divulgação

Segundo a superintendente dos direitos do idoso, Rosilene Pereira, é importante trazer esse trabalho para as ruas para que a população veja o quanto todos os deficientes são capazes e acabar com o preconceito. “Faço questão de todo ano realizar essa ação no calçadão para mobilizar a população, para que todos vejam e entendam que as pessoas com deficiência conseguem realizar qualquer tipo de atividade. Eles têm a mobilidade reduzida, mas não são incapazes. Cada dia eles conquistam mais a sua autonomia”. Afirmou a superintendente.

A superintendente ainda afirmou que está finalizando o Censo Municipal, cadastrando todas as pessoas com deficiência, para que o prefeito, Alessandro Calazans, conheça de perto cada um.

Para o secretário municipal de cidadania, Diogo Menezes, é importante mostrar pra a população que há um serviço especializado no atendimento aos deficientes dentro do próprio município. “É importante expandir essa informação. mostrar que nós lutamos por igualdade e inclusão social, além de buscar melhorias para todos os nilopolitanos. Essa ação mostra toda a grandeza de um trabalho dedicado que vem sendo realizado durante o ano todo”, ressaltou o secretário.

Quem passou pelo calçadão pode contar com diversos serviços, como atendimento psicológico, oficina de artesanato, aferição de pressão e glicose, balcão de empregos com mais de 100 vagas para deficientes, isenção de segunda via de identidade, a rede Nossa Drograria realizando cadastro para descontos em remédios, entre outras atividades.

A nilopolitana Sandra Silva, portadora de neurofibromatose, uma doença genética rara que se manifesta por volta dos 15 anos e que provoca o crescimento anormal de tecido nervoso pelo corpo, formando pequenos tumores externos, também esteve no evento com o objetivo de informar a população sobre a sua síndrome, que é pouco conhecida e agora é também considerada uma deficiência após a aprovação da lei 6547/13. “Antes eu ia procurar um emprego e era muito discriminada. Hoje eu já posso concorrer por vagas juntos com os portadores de necessidades especiais. A sociedade é muito agressiva e as vezes até cruel. Acabam te excluindo. Eu, graças a Deus me sinto bem com a minha deficiência, não deixo de fazer nada e estou sempre participando das atividades promovidas pela superintendência. Quero mostrar que nós somos capazes de tudo e não devemos sentir vergonha das nossas limitações”, disse Sandra Silva.

O evento também contou com a participação do conselho Municipal da Pessoa com Deficiência, apresentação de judô dos alunos da APAE e do coral de natal com os alunos da Escola Municipal Paul Harris.

A secretaria de cidadania e direitos humanos, através da superintendência dos direitos da pessoa com deficiência, oferece: Credencial para vaga de estacionamento; vale – social, que é o Rio Card da pessoa com deficiência e também disponibiliza o formulário do passe livre, que é o passe federal, para viagens para fora do estado.

A Secretaria fica localizada na Rua Frei Ludolf, nº 35, Centro – Nilópolis. Tel.: 2692-4985. Horário de funcionamento: 9h às 17h.

você pode gostar também
Comentários
Carregando...

Este site utiliza cookies para melhorar sua experiência. Nós garantimos que está tudo certo com isso, mas você pode não desejar isso. Aceitar Saiba Mais