Oops! It appears that you have disabled your Javascript. In order for you to see this page as it is meant to appear, we ask that you please re-enable your Javascript!
Polícia Santos Dumont

Homem é preso após atropelar e furar bloqueio policial em Nilópolis

Rolante José foi detido. O outro ocupante do veículo foi liberado. Foto: Divulgação

Policiais do 20º BPM (Mesquita) detiveram neste sábado (19), Rolante José da Silva Filho, após furar operação policial e atropelar um motociclista no bairro Santos Dumont.

Segundo informações, o acusado estaria dirigindo um automóvel Volkswagen Gol, de cor preta e placas LBF 0129, quando teria passado em alta velocidade e furado uma operação policial, que estava sendo realizada na esquina entre as ruas João Evangelista de Carvalho e Ernesto Cardoso.  O acusado avançou sobre os policiais e derrubou os cones usados no bloqueio.




Os policiais então, iniciaram uma perseguição e alguns metros a frente, os policiais conseguiram impedir a fuga do acusado.  Ao realizar a abordagem,  foi verificado que Rolante estava acompanhado de mais um homem, que aparentavam sinais de embriaguez. Os policiais iniciaram a revista nos ocupantes e no veículo e encontraram no interior do Gol uma garrafa de cerveja.

Rolante alegou que seria policial e apresentou uma carteira  de identidade da Polícia Militar do Rio de Janeiro. Ao checar a identificação apresentada, os policiais constataram que a mesma era falsa.  Enquanto era feito a ocorrência, um motociclista, que optamos por não identificar, por questões de segurança, compareceu e relatou que Rolante o teria atropelado e por isso estaria fugindo.




Os policiais, diante dos fatos,  conduziu a vítima ao Hospital Municipal Juscelino Kubstcheck, no Centro de Nilópolis, para atendimento médico, em seguida conduzido para a 57ª DP (Nilópolis). O acusado também foi levado para aquela unidade policial.

Rolante José da Silva Filho foi solicitado a fazer exame de alcoolemia, onde foi constatada a embriaguez do mesmo. Ao pesquisar as placas do automóvel Gol, foi constatado que o veículo havia sido roubado no último dia 09 de julho, na área de Nova Iguaçu. Diante dos fatos, o acusado foi autuado nos artigos 303 e 306 do CTB (lesão corporal, omissão de socorro e embriaguez), artigos 180 e 304 do CP (receptação e uso de documento falso), onde permaneceu preso e o veículo apreendido.




Publicidade