Educação

Nilópolis cria o Baú de Histórias e encanta alunos no universo da leitura

Foto: Divulgação

Com a finalidade de fomentar o encantamento pela leitura, a Secretaria Municipal de Educação, através da Superintendência de Ensino, vem realizando ao longo do ano uma série de atividades nas 22 Escolas Municipais, como parte do Projeto Baú de História, que a cada escola que passa se enriquece de experiências vividas pelos alunos no universo da leitura.

Projeto Baú de Histórias

Cumprindo as Leis nº 10.639/2003 e 11645/2008, que estabelecem a obrigatoriedade do ensino sobre História e Cultura Afro-brasileira e indígena no ensino fundamental e médio, em estabelecimentos de ensino oficiais e particulares, o Projeto Baú de Histórias vem transformando alunos em leitores não só da palavra escrita, mas também em leitores de si mesmo e leitores do mundo, indo além, criando entre eles contadores de histórias e mediadores de leitura.

Autores homenageados

Autores negros e indígenas, tais como Martinho da Vila, Rogério de Andrade, Daniel Munduruku e Lázaro Ramos, já tiveram a leitura de seus textos transformadas em expressões artísticas diversas pelos alunos, tais como esquetes teatrais e dança.

Segundo a equipe de leitura da Secretaria Municipal de Educação, composta por Sandra Gurgel, Sandra Vieira e Sheila Botelho, tendo à frente a Secretária Professora Eva Maria de Melo Vasconcelos e a Superintendente de Ensino, Professora Flávia Rocha S. Duarte, o ano termina com um grande caminho percorrido, rico de experiências vividas por todos os alunos das Escolas Municipais, onde a partir do Baú de Histórias, o grande legado é a valorização da oralidade, memória, narrativas e experiências de leitura que, com certeza, os alunos levarão por toda a vida.

Leitores Online

16 Leitores visualizando esta matéria

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade