Geral

Página Amigos de Nilópolis sai do ar

AMIGOS FORA DO AR
Foto: Reprodução do Facebook

Na tarde desta terça-feria (09), usuários do Facebook tiveram uma surpresa. A página Amigos de Nilópolis está fora do ar. Ao tentar acessá-la o usuário se depara com uma mensagem informando que a página está com link quebrado ou pode ter sido removida.

Segundo as regras do Facebook, para uma página ser suspensa ou banida devem ocorrer as seguintes situações: Ameaças diretas aos usuários, promoção de suicídio ou autoflagelação, envolvimento com organizações criminosas, Bullying, assédio, ataques a figuras públicas, atividades criminosas, exploração sexual e comércio de produtos controlados (remédios etc). O Facebook não revelou qual seria o motivo da retirada da página.

Sobre a página

A página “Amigos de Nilópolis”, que para alguns serve como uma forma de denunciar problemas que acontecem no município de Nilópolis, também é considerada por muitos como uma forma de atacar diversos políticos. Sem conhecimento de seus autores, o serviço alcançou popularidade e ganhou status de utilidade pública, mas também já protagonizou fatos desagradáveis, como o anúncio da morte de quem ainda estava vivo.

Sem haver nenhum tipo de preocupação com a apuração dos fatos, supostamente enviados por “leitores” ou “amigos da página”, como os autores denominam, aqueles que enviam denúncias e fotos para serem publicadas, o canal, divide a opinião dos moradores. Quem defende a página, alega que é um espaço onde não há a obrigação de se identificar, eliminando a possibilidade de represálias. Quem é contra, alega que a página ofende a honra e a privacidade, além de provocar indignação com possíveis postagens falsas.

A bem da verdade é que a página, alcançou a marca de 160 mil seguidores. E agora o que farão ninguém sabe o realmente houve com a página.

Não é a primeira vez que acontece

Em agosto de 2016, uma ação foi movida no TRE-RJ determinou a suspensão da página. Sendo o autor, o ex-prefeito Alessandro Calazans que estava concorrendo à reeleição para Prefeito. Segundo ele, a página realizava postagens ofensivas à sua imagem. A partir disso, a Justiça Eleitoral mandou o Facebook retirar as postagens ofensivas mas com a continuação de ataques políticos, o Juiz Eleitoral Dr. Luiz Alberto Barbosa da Silva determinou a suspensão da página.

Após as eleições, a página voltou ao ar e, desde então, estava ativa até a tarde desta terça-feira (09). Vamos aguardar as cenas dos próximos capítulos.

Leitores Online

12 Leitores visualizando esta matéria

Publicidade

  • bannerradio2.jpg

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade