Saúde

Nilópolis vai receber recursos para investir em saúde especializada

Foto: Divulgação

O secretário municipal de Saúde, Dr. Kiraz Constantine Karraz, representou Nilópolis na primeira reunião do Conselho de Municípios do Consórcio Intermunicipal de Saúde da Baixada Fluminsene. Realizada na última quarta-feira (31), a sessão foi presidida pelo presidente do Conselho de Municípios do Cisbaf e também prefeito de São João de Meriti, Dr. João Ferreira.

O objetivo foi apresentar um balanço da saúde de 2017, além de fazer propostas de custeio de investimento para 2018. Ao lado do secretário estadual de Saúde, Luiz Antônio Teixeira Jr., também presente ao encontro, Dr. João fez uma avaliação geral dos avanços na atenção básica, hospitalar e na atenção especializada enfocando o grande déficit de leitos que ainda persiste como o grande desafio a ser enfrentado e passou a palavra à secretária executiva para expor os detalhes da retrospectiva.

A grande notícia foi dada pelo secretário estadual ao anunciar que os municípios da Baixada Fluminense receberão R$ 50 mil em duas parcelas de R$ 25 mil em fevereiro e abril, para investirem na atenção de saúde especializada, de preferência no programa Marque Fácil. Através do Marque Fácil o Cisbaf está contratando prestadores de saúde privados a fim de atenderem à enorme demanda dos municípios, principalmente, na realização de exames e consultas especializadas. Dessa forma, exames como ressonância magnética e endoscopias, por exemplo, passarão a ser ofertados aos municípios.

“Sabemos que não adianta comprar aparelho de ressonância ou construir equipamentos de saúde. O custo fixo é altíssimo e a depreciação desses aparelhos é enorme, gerando grande custo aos cofres públicos. O ideal é contratarmos os serviços dos terceirizados, que já possuem suas estruturas prontas para atendimento, reduzindo o gasto do município”, destacou Luiz Antonio.

Luiz Antonio Teixeira Jr também enfatizou a importância da união dos prefeitos e secretários de Saúde na captação de recursos junto à bancada federal. A construção de um hospital geral foi um projeto apresentado e apoiado pelo governador Luiz Fernando Pezão no início da sua gestão. Mas, em decorrência da grave crise financeira do estado, esse projeto não se via-bilizou. Luizinho também acredita que com o apoio dos deputados federais seja possível trazer recursos para contratação de serviços de oncologia, através da rede particular.

Participaram também da reunião os prefeitos de Mesquita, Jorge Miranda; de Queimados, Carlos Villela; e de Seropédica, Anabal Barbosa; os secretários de Saúde de Duque de Caxias, José Carlos de Oliveira; de Japeri, Charles Gonçalves; de Magé, Carine Ferreira; de Queimados, Lívia Guedes; a secretária executiva de Belford Roxo, Viviane Renata da Silva, entre outros.

Leitores Online

17 Leitores visualizando esta matéria

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

/* ]]> */