Centro Saúde

CAPS AD oferece assistência humanizada a pacientes que fazem uso prejudicial de álcool e outras drogas em Nilópolis

CAPS AD oferece assistência humanizada a pacientes que fazem uso prejudicial de álcool e outras drogas em Nilópolis
Foto: Divulgação

Pouca gente sabe mas Nilópolis possui um importante espaço especializado em atender os dependentes de álcool e drogas no Município, dentro das diretrizes determinadas pelo Ministério da Saúde, que tem por base o tratamento do paciente em liberdade, buscando sua reinserção social.

O Centro de Atenção Psicossocial Álcool e Drogas (CAPS-AD) Novos Tempos faz parte do Programa de Saúde Mental da Secretaria Municipal de Saúde e oferece atendimento diário a pacientes que fazem uso prejudicial de álcool e outras drogas, permitindo o planejamento terapêutico dentro de uma perspectiva individualizada de evolução contínua.

Este slideshow necessita de JavaScript.

Atualmente a unidade, localizada na Rua Manuel Luis Pereira, 25, Centro, atende a cerca de 30 pacientes por dia, inclusive alguns em situação de rua, que recebem tratamento psicológico. “Os pacientes recebem café da manhã, almoço ou lanche, conforme as atividades, uma vez que muitos deles acabam tendo apenas estas refeições”, disse a psicóloga Claudia Cardoso.

Claudia explica ainda que os pacientes participam de grupos socioeducativos e assembleia dos pacientes, com temas propostos pela equipe do CAPS e outros propostos pelos próprios pacientes, além de uma sessão para que os familiares dos pacientes sejam atendidos. “O apoio da família é fundamental neste processo, então semanalmente, são realizadas pelas psicólogas, um grupo para atendimento aos familiares de pacientes, onde são esclarecidas dúvidas, anseios e dado o suporte que a família necessita”, acrescentou.

O CAPS-AD Novos Tempos é dirigido pela psicóloga e assistente social Ádela Alves, que acrescenta que os pacientes também participam de atividades recreativas, educativas e profissionalizantes, como aulas de artesanato, mosaico, pintura em tela e tecido, dentre outras com destaque para a Oficina Terapêutica de Música, desenvolvida pelo músico André Marcellus. “Tudo isso é feito de forma a proporcionarmos a mudança de comportamento e, consequente, melhora na qualidade de vida dos pacientes. Com o destaque do trabalho feito pelo nosso amigo André, pois através da música temos conseguido resultados satisfatórios no transcorrer do tratamento. Através dela, descobrimos grandes compositores, inclusive já estamos preparando a confecção do primeiro CD”, disse.

Ádela afirma ainda que é essencial que todo o Município conheça e valorize o trabalho que é realizado pelo Programa de Saúde Mental. “A intenção é de que pessoas que possuem alguma doença mental possam se tratar livre, fora de manicômios. Pra trabalhar com saúde mental tem que trabalhar muito e na gestão do nosso prefeito Farid Abrão a saúde mental tem crescido satisfatoriamente”, disse Ádela Alves.

O horário de atendimento é de 2ª a 6ª feira, das 8h às 17 horas. Maiores informações podem ser obtidas através dos telefones 2791-5883 ou 3762-7394.

Leitores Online

13 Leitores visualizando esta matéria

Publicidade