Oops! It appears that you have disabled your Javascript. In order for you to see this page as it is meant to appear, we ask that you please re-enable your Javascript!
Geral

Estudantes com deficiência visual conhecem o mar e visitam o Jardim Botânico

VISITA JARDIM BOTÂNICO
Foto: Divulgação
Clique AQUI e receba, com exclusividade, as matérias da sua cidade em primeira mão no seu smartphone ou tablet.

A grandiosidade do mar e uma aula externa sobre meio ambiente e jardinagem encantaram um grupo de estudantes com deficiência visual da Rede Municipal de Ensino de Nilópolis nesta terça-feira (25).

A grandiosidade do mar e uma aula externa sobre meio ambiente e jardinagem encantaram um grupo de estudantes com deficiência visual da Rede Municipal de Ensino de Nilópolis nesta terça-feira (25).

O passeio, promovido pela Secretaria Municipal de Educação, começou com a visita do grupo de alunos de várias idades ao Jardim Sensorial do Jardim Botânico do Rio de Janeiro (JBRJ), na Zona Sul do Rio.

Estudantes com deficiência visual conhecem o mar e visitam o Jardim Botânico 1

As crianças tiveram a experiência de caminhar por um jardim, guiados por um deficiente visual, apenas tocando e cheirando as plantas. O espaço oferece um conjunto de plantas com diferentes texturas e aromas, colocadas ali especialmente para aguçarem os sentidos, principalmente o tato e o olfato. Além de aprenderem sobre meio ambiente e jardinagem, os pequenos conversaram com os deficientes visuais que trabalham como monitores do espaço e puderam conhecer alguns desafios enfrentados pelos cegos e pessoas com baixa visão.

A secretária de Educação, Flávia Duarte, ressaltou a importância da visita dos alunos ao espaço:

– Estes 15 alunos com deficiência visual total ou baixa visão fazem parte de um grupo de mediação sensorial, realizada pela professora Denise Pereira. Além desses , mais 60 alunos especiais são mediados em nossa Rede Municipal de Ensino. Todos recebem muito carinho, foco e atenção em nossas unidades escolares. O passeio ao Jardim Sensorial e a praia fazem parte da ideia de que todos têm que ter seus direitos garantidos. Até porquê, para nós educadores é muito mais do que ensinar a ler e escrever, é possibilitar a esses alunos a realização de um sonho, onde muitos puderam vivenciar um mundo novo, sentindo-se valorizados. É isso que a todo momento o nosso Prefeito Farid Abrão exige da gente. Cuidar do nilopolitano é prioridade. – disse Flávia.

A professora e mediadora Denise Pereira se emocionou ao falar do passeio:

– Defino o passeio ao Jardim Botânico como um marco tanto para o Município quanto para a vida dessas crianças. Nas aulas procuramos trabalhar as texturas, cheiros e o reconhecimento dos elementos. O Jardim Sensorial é a concretização dessas aulas. Foi emocionante ver cada um desses alunos buscando a autonomia e identificando os elementos apresentados. Parabenizo o prefeito Farid Abrão e a secretária Flávia Duarte por oportunizar este trabalho de extrema relevância – disse Denise.

Estudantes com deficiência visual conhecem o mar e visitam o Jardim Botânico 2
A alegria da estudante ao visitar a praia. Foto: Divulgação

Praia

Após o passeio no Jardim Botânico, as crianças foram levadas à Praia Vermelha, na Urca, onde a maioria pode realizar o sonho de conhecer a praia, sentir a areia nos pés, brincar na água e ouvir o barulho das ondas.

Ao final do passeio, nem mesmo o cansaço tirou a alegria das crianças. A todo o momento durante a viagem de retorno, eles comentavam a experiência vivida neste dia. “É gratificante poder possibilitar esta experiência. Vamos realizar outros passeios e levar desta forma os nossos alunos a vivenciar na prática o que aprendem em sala de aula, além de ser uma opção de lazer bem diferente do que eles estão acostumados”, concluiu a secretária Flávia Duarte.

Publicidade