Oops! It appears that you have disabled your Javascript. In order for you to see this page as it is meant to appear, we ask that you please re-enable your Javascript!
Transportes

Secretaria de Transportes coíbe estacionamento irregular em Nilópolis

AGENTE DE TRÂNSITO
Foto: Divulgação
Clique AQUI e receba, com exclusividade, as matérias da sua cidade em primeira mão no seu smartphone ou tablet.

Estacionar em local proibido é uma das infrações de trânsito que mais prejudica a população como um todo. Afinal, todo mundo sabe o transtorno que é caminhar em uma calçada obstruída por um veículo, querer sair da garagem de casa e ter um carro estacionado no portão, ou ainda ter que encarar um longo estacionamento em virtude das filas duplas.

Estacionar em local proibido é uma das infrações de trânsito que mais prejudica a população como um todo. Afinal, todo mundo sabe o transtorno que é caminhar em uma calçada obstruída por um veículo, querer sair da garagem de casa e ter um carro estacionado no portão, ou ainda ter que encarar um longo estacionamento em virtude das filas duplas.

Para coibir este tipo de prática, a Secretaria Municipal de Transportes reforçou a fiscalização contra o estacionamento irregular. Mais do que uma ação isolada, este trabalho contínuo pretende conscientizar condutores para que respeitem as regras de trânsito.

“Fiscalizar estacionamento irregular é um trabalho que faz parte da rotina dos agentes mas, a partir de agora, vamos fazer isso como uma ação sistemática ampliada, para que a população veja que há um trabalho de combate ao estacionamento irregular e comece a fazer apenas o que manda a legislação. Não é uma operação secreta, não queremos flagrar ninguém, nem remover nenhum veículo, ao contrário, a intenção é que, no futuro, a gente passe e não tenha mais ninguém cometendo a infração”, explica Amauri Roberto de Jesus, secretário municipal de Transportes.

Entre as principais infrações flagradas nas ações, muitos veículos estacionados sobre calçadas, em área de parada de ônibus e áreas onde o estacionamento é proibido. “Infelizmente muita gente ainda crê na impunidade e estaciona os seus veículos até mesmo debaixo das placas de proibição. Nossa ação não visa apenas punir, mas chamar a atenção para o fato de que as leis devem e precisam ser cumpridas”, pontua Amauri.

Publicidade