Oops! It appears that you have disabled your Javascript. In order for you to see this page as it is meant to appear, we ask that you please re-enable your Javascript!
Manoel Reis Polícia

Prefeitura de Nilópolis desmente boato sobre fechamento do Gericinó

Prefeitura de Nilópolis desmente boato sobre fechamento do Gericinó 4
Adicione nosso número de WhatsApp: +55 (21) 98946-3738 e envie uma mensagem com o texto "NILÓPOLIS" e receba, com exclusividade, as matérias da sua cidade em primeira mão no seu smartphone ou tablet.

A Prefeitura de Nilópolis divulgou na tarde desta terça-feira (11), em suas redes sociais, nota informativa desmentindo um boato sobre um suposto fechamento das entradas do Parque Municipal Natural do Gericinó.

A Prefeitura de Nilópolis divulgou na tarde desta terça-feira (11), em suas redes sociais, nota informativa desmentindo um boato sobre um suposto fechamento das entradas do Parque Municipal Natural do Gericinó.

De acordo com o boato que até momento segue sem autoria conhecida, as entradas do Gericinó estariam fechadas por conta de uma operação do Exército Brasileiro para capturar supostos foragidos da Justiça.

Veja abaixo a Nota:

A Prefeitura de Nilópolis informa que diferente do boato que vem sendo propagado nas redes sociais, o Parque Municipal Natural do Gericinó permanece aberto a visitação da população.

Aproveite e visite a Sala Natalina que está aberta a população para visitação até o dia 06 de janeiro.

Prefeitura de Nilópolis desmente boato sobre fechamento do Gericinó 5
Suposto comunicado que está sendo divulgado nas redes sociais é na verdade um grande boato.

Megaoperação

O que de fato houve no município, foi a presença de militares em vários pontos atuando em uma megaoperação que reuniu agentes das forças de segurança, na manhã desta terça-feira, em 13 comunidades das zonas Norte e Oeste do Rio. Os militares atuaram em Bangu, Anchieta, Guadalupe, Colégio, Honório Gurgel, Vicente de Carvalho e em regiões circunvizinhas à Vila Militar de Deodoro.

O balanço da ação terminou com dois suspeitos mortos durante confronto, em Acari; quatro presos; um menor, dois fuzis e um radio transmissor apreendidos; 15 carros e sete motos recuperadas; 700 revistas realizadas, e quatro desmanches de carros localizados nos complexos do Chapadão e Pedreira.

Publicidade