Nilópolis Online
Notícias de Nilópolis todo dia

Prefeitura de Nilópolis inicia campanha de prevenção ao Zika Vírus em gestantes

Receba as matérias da sua cidade em primeira mão no seu smartphone ou tablet. WhatsApp CLIQUE AQUI ou Telegram CLIQUE AQUI

A Prefeitura de Nilópolis, por meio da Secretaria de Saúde, deu início na manhã desta quinta-feira (21) a um conjunto de ações de mobilização social e combate ao mosquito Aedes aegypti, transmissor do Zika Vírus em gestantes. Batizada de “Zika Zero”, a campanha teve sua abertura realizada no Calçadão da Avenida Mirandela, no Centro.

A ação visa diminuir a exposição das gestantes ao vírus e ao risco de microcefalia nos bebês. Para isso, as equipes de Saúde da Família e do Programa de Atenção Integral à Saúde da Mulher, Criança e Adolescente – PAISMCA estão fazendo um levantamento dos endereços das gestantes, a fim de organizar as visitas dos agentes de combate a endemias.

EVENTO SAÚDE
Foto: Divulgação

“Hoje, estamos iniciando uma campanha junto com o pessoal do controle de vetores, que é a Zika Zero no Município. Principalmente com foco nas áreas onde nós temos incidência do mosquito, e nessa área nós também temos gestantes cadastradas dentro do PAISMCA. Todo local que tiver gestantes e tiver um índice hoje de dengue, zika e chikungunya, principalmente a Zika, os agentes do Ministério da Saúde e do Controle de Vetores estarão indo até o local fazendo o cerco preventivo epidemiológico evitando com que essas gestantes possam adquirir essa doença”, explicou o subsecretário de Saúde, Uilen Barbosa.

Lohana Kesia Galvão, de 25 anos, grávida de 38 semanas, foi uma das gestantes que receberam a visita dos agentes neste primeiro dia de atividades. Em sua residência, foram feitas vistorias procurando focos do mosquito, exterminando esses pontos, além de esclarecimentos sobre as doenças e suas prevenções. A mesma ação será realizada em todo o município de Nilópolis.

AGENTES DE SAÚDE
Foto: Divulgação

Contrair o vírus da Zika na gravidez é o temor de todas as mulheres que estão grávidas ou pensando em engravidar. A entrada desse vírus no Brasil e o surgimento de casos de microcefalia em bebês, a ele associado, fizeram com que e as preocupações no planejamento e durante a gestação aumentassem. Esse cenário faz crescer ainda mais a importância da intensificação das ações de combate ao mosquito, visando diminuir a exposição das gestantes ao vírus e o risco da microcefalia nos bebês.

A Secretaria de Saúde colocou a disposição da população o Disque-Saúde, na qual a população pode estar informando pontos onde existem focos ou pontos de proliferação do mosquito. O contato pode ser feito através do telefone 3039-5063, ou através da Ouvidoria Municipal, através do endereço eletrônico http://nilopolis.rj.gov.br/site/ouvidoria/.

você pode gostar também
Comentários
Carregando...