Nilópolis Online
Notícias de Nilópolis todo dia

Comerciantes do Polo Gastronômico de Nilópolis se reúnem com líderes da Operação Choque de Ordem

Receba as matérias da sua cidade em primeira mão no seu smartphone ou tablet. WhatsApp CLIQUE AQUI ou Telegram CLIQUE AQUI

Após mais uma Operação Choque de Ordem realizada na noite desta quinta-feira (16), alguns comerciantes do Polo Gastronômico de Nilópolis se reuniram com os líderes das forças de segurança que atuam na operação.

Na pauta do encontro reivindicações quanto as regras de ordenamento urbano para o local. Participam da reunião, que até às 21h30 ainda acontecia no restaurante Templários, o secretário municipal de Segurança Pública, Cel. PM RR José da Silva Macêdo Júnior; o coordenador interino de Ordem Pública, Gessé Cintra, o delegado titular da 57ª DP (Nilópolis), Dr. Marcio Esteves de Jesus e o comandante do 20º BPM (Mesquita), Ten Cel João Jacques Soares Busnello, além do subsecretário municipal de Segurança Pública, Major PM Geraldo Fontes.

OPERAÇÃO POLO GASTRONÔMICO
Mais um dia de operação no Polo Gastronômico. Foto: Divulgação

Operações seguidas

No último dia 9 de maio, uma operação conjunta envolvendo a Prefeitura de Nilópolis, por meio da Guarda Civil Municipal, das secretarias de Transportes, de Meio Ambiente, da Vigilância em Saúde e da Coordenadoria de Ordem Pública; as policias Civil e Militar, CEDAE, Instituto Estadual do Ambiente (INEA) e Light foi realizada no Polo Gastronômico de Nilópolis, localizado na Rua Alberto Teixeira da Cunha, no trecho entre as ruas Eliseu de Alvarenga e Roldão Gonçalves.

A operação foi repetida nos dois dias seguintes e resultou na apreensão de duas máquinas caça-niqueis, um flagrante de furto de energia elétrica (gato), uma aparelhagem de som apreendida e uma barraca de lona apreendida de ponto irregular de mototáxi.

OPERAÇÃO POLO GASTRONÔMICO
Fiscais vistoriam estabelecimentos. Foto: Divulgação

Além disso, a CEDAE notificou 12 estabelecimentos por irregularidades nos medidores, a Fiscalização de Posturas e a Coordenadoria de Ordem Pública emitiram 23 notificações por desrespeitar a Lei de Posturas, devido a ocupação irregular do passeio público e até mesmo da via pública e por problemas na documentação dos estabelecimentos. Já o Instituto Estadual do Ambiente (INEA) e a Secretaria Municipal de Meio Ambiente emitiram 13 notificações por conta de problemas relacionados ao desrespeito às leis ambientais.

Os agentes da Secretaria Municipal de Transportes também estiveram presentes e autuaram 19 veículos por estacionamento em local proibido e sete motociclistas por estarem conduzindo seus veículos sem o uso obrigatório do capacete.

Na noite desta quinta-feira (16) houve mais uma operação e novamente alguns comerciantes insistiram em cometer irregularidades.

Comemoração

POLO GASTRONÔMICO DE NILÓPOLIS
Operação restabeleceu a ordem e a paz no local. Foto: Divulgação

A operação foi comemorada por moradores e comerciantes. “Graças a essa ação os moradores que também são trabalhadores que precisam levar o sustento para seus lares, recuperaram o que há muito lhes tinha sido tirado, ou seja, o direito de “ ir e vir” e principalmente “ a paz” para assim descansar e dormir após um longo dia de trabalho. Nunca foi a intenção dos moradores que chegasse a essa situação. Tudo poderia estar bem para ambas as partes se os comerciantes, na sua maioria, tivessem cumprido com a proposta feita há mais de um ano, que os mesmos respeitassem as leis e os moradores”, disse uma moradora que não quis se identificar.

Tolerância zero

De acordo com o coordenador de Ordem Pública, Gessé Cintra, a repressão as irregularidades irá continuar. “Estamos há mais de um ano fazendo toda a parte de conscientização, mostrando o que podia ou não ser feito neste espaço, mas infelizmente alguns comerciantes não respeitaram e insistiram em transgredir a legislação. A Prefeitura não tolera essa bagunça e tivemos que agir com mais rigidez. Todas as autuações foram conduzidas dentro da Lei e somente foram feitas por conta da insistência no erro de alguns comerciantes”, declarou.

Este slideshow necessita de JavaScript.

Gessé explica que a Prefeitura de Nilópolis sempre apoiou e continuará apoiando os comerciantes do Polo Gastronômico da Rua Alberto Teixeira da Cunhas, mas não irá tolerar irregularidades e outras operações serão realizadas. “O prefeito Farid Abrão tem um grande apreço por esta área e sabe das dificuldades que o comércio vive em todo o país, por isso mesmo não irá tolerar que uma pequena parcela prejudique os demais comerciantes. Hoje, todos os órgãos envolvidos se uniram em prol da segurança e do bem-estar do nilopolitano que gosta de frequentar este excelente local. Temos muitos bares e restaurante de qualidade equiparável ou até melhores que os localizados na Zona Sul do Rio de Janeiro e justamente devemos também ter o mesmo nível de segurança e ordenamento”, concluiu.

De acordo com os órgãos de segurança pública, não houve nenhum registro de crime ou quaisquer outro tipo no trecho da Rua Alberto Teixeira da Cunha, entre as ruas Eliseu de Alvarenga e Roldão Gonçalves. O trânsito voltou a fluir de forma normal e os moradores não registraram nenhuma queixa junto à Ouvidoria da Prefeitura nos dias seguintes às operações.

você pode gostar também
Comentários
Carregando...
WhatsApp chat