Oops! It appears that you have disabled your Javascript. In order for you to see this page as it is meant to appear, we ask that you please re-enable your Javascript!
Olinda Polícia

Passageiro reage e mata suspeito de assalto dentro do trem em Olinda

CORPO NO TREM
O corpo ainda dentro do trem. Foto: Divulgação
Clique AQUI e receba, com exclusividade, as matérias da sua cidade em primeira mão no seu smartphone ou tablet.

Mais uma vez Nilópolis figura nas notícias policiais. No final da noite desta segunda-feira (03), passageiros de um trem que ia para Japeri se viram envolvidos em mais um caso de violência.

Segundo informações, dois homens anunciaram um assalto quando a composição estava parada na estação de Olinda. Um passageiro sacou uma arma e reagiu baleando um dos homens, que morreu na hora. O outro conseguiu fugir.

Para evitar que a composição ficasse parada, passageiros retiraram o corpo de dentro do trem e deixaram na plataforma da estação. O caso foi registrado na delegacia de plantão. Não há informações sobre a vítima e nem sobre o passageiro que teria reagido ao assalto. Segundo o site G1, o atirador seria um agente penitenciário.

Assaltos constantes

Os assaltos na estação de Olinda viraram constantes, segundo os passageiros. Eles afirmam ainda que são vítimas também fora das plataformas e composições. “Tem assalto aqui a toda hora, é dentro do trem, é fora, na passarela, em qualquer lugar. Eles fazem a limpa, eu nem ando mais com celular na bolsa por causa disso, só mesmo um trocadinho”, disse uma passageira.

A culpa pela insegurança eles colocam na Polícia Militar, que para eles, deveria colocar viaturas permanentes no entorno e policiais dentro da própria estação. “Não tem policiamento. Eles chegam a mandar o maquinista ficar parado com o trem para que eles assaltem e fujam pela mesma estação, um absurdo total”, relata outro passageiro.

“A SuperVia lamenta que a violência observada em todo o estado atinja também o sistema ferroviário e coloque em risco passageiros e funcionários da concessionária”, a concessionária reforçou, através de nota.

1 Comentário

Clique aqui para comentar

  • E o que tem que ser feito,lamentavelmente,o povo tem sido massacrado há muitos anos sendo mortos todos dias por assaltantes sem a menor piedade,deixando famílias em desespero tendo seu familiares mortos,por causa de um celular ou alguns tostões nos bolsos.

Publicidade