Nilópolis Online
Notícias de Nilópolis todo dia

Ginásio no bairro Frigorífico passa a ser administrado pela Secretaria de Educação

Receba as matérias da sua cidade em primeira mão no seu smartphone ou tablet. WhatsApp CLIQUE AQUI ou Telegram CLIQUE AQUI

O Diário Oficial do Município publicou na edição da última sexta-feira (28), a Lei Ordinária Nº 6.596 que transfere a administração do Ginásio Poliesportivo, localizado no bairro Frigorífico, para a Secretaria Municipal de Educação, além de batizar o local como Ginásio Estudantil Municipal Almyr da Silva Vieira.

As obras de construção do ginásio começaram em 2010 ainda na gestão do ex-prefeito Sergio Sessim, ocupando uma área utilizada como depósito de lixo e nunca houve a inauguração de fato. Com capacidade para 1,2 mil pessoas, o então Ginásio Poliesportivo foi projetado para fazer parte de um complexo esportivo-cultural, que integram ainda a Vila Olímpica, a Casa das Lutas, o CIEP Municipalizado Profª Stella de Queiróz Pinheiro e o Centro Municipal de Eventos. Destes apenas a Vila Olímpica e o CIEP estão funcionando regularmente.

CONSTRUÇÃO DO GINÁSIO ESTUDANTIL MUNICIPAL ALMYR DA SILVA VIEIRA
Construção do ginásio em 2011. Foto: Naldo Mesquita

Histórico de abandono

Mesmo sem ter sido inaugurado oficialmente apenas alguns eventos e partidas amadoras foram realizadas ali. Em 2013 o então prefeito Alessandro Calazans deu início a uma série de intervenções para poder reativar o espaço e chegou a prometer a construção de uma praça e de um portal como forma de integrar o ginásio ao Centro Municipal de Eventos, mas as obras sequer iniciaram.

Em 2015 mais um capítulo. Houve início de uma obra que prometeria ser a revitalização do local o que culminaria com a tão sonhada inauguração. Foram construídas salas de aula nos espaços sob as arquibancadas e duas paredes que serviriam para impedir a entrada da chuva no local,  que acabaram vindo abaixo no dia 08 de novembro de 2016 após um temporal. Não houve feridos e os planos de finalmente inaugurar o ginásio não aconteceram.

Com a derrota do ex-prefeito Calazans, os problemas do ginásio foram herdados pelo seu sucessor. Com problemas financeiros, o prefeito Farid Abrão teve outras prioridades e não pode dar continuidade as obras que ainda são necessárias.

Projetos novos

A publicação da Lei Ordinária que transfere a administração do ginásio para a Secretaria de Educação é o gás que o prefeito Farid Abrão precisava para poder finalmente entregar à população o espaço. Sem recursos financeiros, as obras agora podem ser tocadas usando recursos oriundos do Fundo de Manutenção e Desenvolvimento da Educação Básica e de Valorização dos Profissionais da Educação (Fundeb), uma vez que o ginásio passará a atender os alunos da Rede Municipal de Ensino, além de sediar jogos e competições estudantis.

você pode gostar também
Comentários
Carregando...