Nilópolis Online
Notícias de Nilópolis todo dia

Ginásio no bairro Frigorífico passa a ser administrado pela Secretaria de Educação

Receba as matérias da sua cidade em primeira mão no seu smartphone ou tablet. WhatsApp CLIQUE AQUI ou Telegram CLIQUE AQUI

O Diário Oficial do Município publicou na edição da última sexta-feira (28), a Lei Ordinária Nº 6.596 que transfere a administração do Ginásio Poliesportivo, localizado no bairro Frigorífico, para a Secretaria Municipal de Educação, além de batizar o local como Ginásio Estudantil Municipal Almyr da Silva Vieira.

As obras de construção do ginásio começaram em 2010 ainda na gestão do ex-prefeito Sergio Sessim, ocupando uma área utilizada como depósito de lixo e nunca houve a inauguração de fato. Com capacidade para 1,2 mil pessoas, o então Ginásio Poliesportivo foi projetado para fazer parte de um complexo esportivo-cultural, que integram ainda a Vila Olímpica, a Casa das Lutas, o CIEP Municipalizado Profª Stella de Queiróz Pinheiro e o Centro Municipal de Eventos. Destes apenas a Vila Olímpica e o CIEP estão funcionando regularmente.

CONSTRUÇÃO DO GINÁSIO ESTUDANTIL MUNICIPAL ALMYR DA SILVA VIEIRA
Construção do ginásio em 2011. Foto: Naldo Mesquita

Histórico de abandono

Mesmo sem ter sido inaugurado oficialmente apenas alguns eventos e partidas amadoras foram realizadas ali. Em 2013 o então prefeito Alessandro Calazans deu início a uma série de intervenções para poder reativar o espaço e chegou a prometer a construção de uma praça e de um portal como forma de integrar o ginásio ao Centro Municipal de Eventos, mas as obras sequer iniciaram.

Em 2015 mais um capítulo. Houve início de uma obra que prometeria ser a revitalização do local o que culminaria com a tão sonhada inauguração. Foram construídas salas de aula nos espaços sob as arquibancadas e duas paredes que serviriam para impedir a entrada da chuva no local,  que acabaram vindo abaixo no dia 08 de novembro de 2016 após um temporal. Não houve feridos e os planos de finalmente inaugurar o ginásio não aconteceram.

Com a derrota do ex-prefeito Calazans, os problemas do ginásio foram herdados pelo seu sucessor. Com problemas financeiros, o prefeito Farid Abrão teve outras prioridades e não pode dar continuidade as obras que ainda são necessárias.

Projetos novos

A publicação da Lei Ordinária que transfere a administração do ginásio para a Secretaria de Educação é o gás que o prefeito Farid Abrão precisava para poder finalmente entregar à população o espaço. Sem recursos financeiros, as obras agora podem ser tocadas usando recursos oriundos do Fundo de Manutenção e Desenvolvimento da Educação Básica e de Valorização dos Profissionais da Educação (Fundeb), uma vez que o ginásio passará a atender os alunos da Rede Municipal de Ensino, além de sediar jogos e competições estudantis.

você pode gostar também
Comentários
Carregando...

Este site utiliza cookies para melhorar sua experiência. Nós garantimos que está tudo certo com isso, mas você pode não desejar isso. Aceitar Saiba Mais