Oops! It appears that you have disabled your Javascript. In order for you to see this page as it is meant to appear, we ask that you please re-enable your Javascript!
Polícia

Programa de Segurança Pública será implantado em Nilópolis

RODRIGO AMORIM E LEANDRO HUNGRIA
O empresário Leandro Hungria e o deputado Rodrigo Amorim. Foto: Divulgação
Clique AQUI e receba, com exclusividade, as matérias da sua cidade em primeira mão no seu smartphone ou tablet.

Os crescentes casos de violência em Nilópolis chamaram a atenção do deputado estadual Rodrigo Amorim (PSL). Aliado do deputado, o empresário nilopolitano Leandro Hungria fez um apelo ao parlamentar que diante do pedido elaborou uma indicação solicitando a implantação do programa Sociedade Segura no município.

E a resposta já saiu. O governador Wilson Witzel já sinalizou que a implantação ocorrerá em breve. Anteriormente chamado de Segurança Presente, o programa começou em janeiro de 2014 e passou neste governo a se chamar Sociedade Segura, contando também com parcerias público-privados. O foco do programa são ações de assistência social, partindo do princípio que as questões que envolvem vulnerabilidade social contribuem para a criminalidade.

Além da criação de  núcleo integrado de inteligência, onde os agentes poderão  verificar se há mandatos de prisão em aberto. O novo conceito do projeto, terá  atuação mais preventiva em problemas sociais, como os de moradores de rua, por exemplo. A ideia é fazer parcerias com as prefeituras para reativar abrigos, garantir atendimentos médicos para a população de rua e encaminhar crianças vulneráveis para as escolas.

De acordo com o  governador Wilson Witzel, a implementação do programa será feita graças a uma parceria com a Assembleia  Legislativa do Rio de Janeiro (ALERJ), que irá financiar o Segurança Presente em todos os municípios da Baixada Fluminense pelos próximos quatro anos. “Nossos homens estarão nas ruas reduzindo o roubo de celulares aos transeuntes, de carros, aos estabelecimentos comerciais. Os bandidos não conseguirão mais atuar nestas localidades”, disse o governador, que também anunciou a chegada de 40 novos policiais ao 20º Batalhão da PM, unidade que abrange Nova Iguaçu, Nilópolis e Mesquita.

Publicidade