Esportes Nova Cidade

Nova Cidade é superado pelo Profute na partida de ida das oitavas da Copa Rio

JOGO NOVA CIDADE
Foto: Divulgação
Clique aqui e receba, com exclusividade, as matérias da sua cidade em primeira mão no seu smartphone ou tablet.

O Nova Cidade criou, pressionou, mas começou atrás no duelo. Nesta tarde desta quarta-feira, 10, no Estádio Joaquim Flores, em Nilópolis, pela partida de ida das oitavas de final da Copa Rio contra o Itaboraí Profute. Mesmo chegando no ataque desde o início, a equipe pecou no último passe e acabou sendo derrotado por 1 a 0.

O Jogo

Nova Cidade começou a partida bem a vontade e quase abriu o placar aos nove minutos. Ricardo recebeu no meio, levantou a cabeça e enxergou Magnor. O lateral chegou inteiro na bola, tomou a frente do zagueiro e chutou de primeira para defesa do goleiro Thiago.

E não demorou muito para o Quero-Quero chegar novamente.  Aos 13 minutos, Jean Cláudio cruzou para Jean, que cabeceou levando perigo ao gol do Profute. Em nova dobradinha da dupla, aos 29 minutos, o zagueiro acabou falhando no cabeceio. Após sofrer uma grande pressão, o Profute abriu o placar em um momento de lampejo de Lelê. O atacante recebeu de Cris, fez boa jogada individual e abriu o placar: 1 a 0.

No começou do segundo, o Nova Cidade se lançou ao ataque para buscar o  gol em duas oportunidade, mas ficou no quase. Na primeira, Jean Cláudio fez boa jogada e tabelou com Ricardo. Quando a bola voltou, o camisa 10 chutou da entrada da área e o goleiro Thiago espalmou para escanteio. A segunda veio logo na sequencia, após a cobrança, a bola passou por toda e sobrou para Michael, que cabeceou por cima do gol.

A pressão nilopolitana continuou.  Aos 26 minutos, Jean Cláudio cobrou falta para a área, Luam cabeceou e Thiago fez mais uma grande defesa. O Nova Cidade teve mais uma chance com Jean, porém, assim como Michael, o zagueiro não soube aproveitar.

No último quarto da partida, o excesso de paralisação por contusões e a demora nas reposições de bola por parte da equipe mandante, frearam o ritmo da partida e o placar mínimo se manteve até o final. Agora, o Nova Cidade volta suas atenções à Série B1. Já no próximo sábado, 13, às 15h, contra o Olaria, novamente no Joaquinzão.

Texto: Bruno Dias