Nilópolis Online
Notícias de Nilópolis todo dia

1, 2,3 4, 5000…

Receba as matérias da sua cidade em primeira mão no seu smartphone ou tablet. WhatsApp CLIQUE AQUI ou Telegram CLIQUE AQUI

Era a estreia do Portuga marrento no Maracanã… Ao receber a notícia da barração de Gustavo Colhe Já, o verdadeiro símbolo de raça dos urubus, fiquei com o pé atrás. O seu substituto William Lentão dispensa apresentações. Ele é simplesmente odiado pela nação rubro-negra. Um tropeço seria um verdadeiro desastre! Técnicos estrangeiros são muito criticados pela imprensa brasileira, uma vez que os nacionais são os melhores do mundo. Pelo menos na visão das redações pelo Brasil afora.

Pois bem, o gol veio rápido! Arrascaeta fez jus a sua fama de outro planeta e abriu o placar logo aos cinco minutos.
Contudo, Rodrigo Mamãe Caio deu as honras ao Goiás. Com uma falha de fim de festa, o ex Fla, Kayke empatou a partida para os visitantes(olha aí a lei do Ex).

Isso impactou o time rubro-negro…

Uma bola na trave do time alviverde levou a crer no tropeço em casa. Porém, era o dia do Flamengo. Bruno É Chique virou o placar com muita raça em uma disputa na pequena área. Parecia o fim? NÃO! O Uruguaio de outro planeta queria mais e fez mais dois, sendo o segundo uma pintura e pode pedir música. Já estava acabado 4 a 1?

Normalmente, com uma goleada dessas, o ritmo diminui.. Pois, os clubes tem maratonas de partidas, muitos compromissos, calendário apertado e etc.. Logo é preciso preservar os jogadores (pelo menos é o que acontece pelo futebol brasileiro). Só que o time da Gávea não tirou o pé do freio. Jogou com ambição.. Gabi “quase” gol fez mais dois, com passes do Arrascaeta. O Goias não tinha reação.. Era para ser mais, pois o goleiro alviverde fez pelo menos seis grandes defesas. Poderia ser 10!

Vai(var) dar errado.

Foi curioso aguardar o retorno do time vascaíno na parada da Copa. O técnico São Luxemburgo teve tempo para implantar seus conceitos e melhorar o futebol da equipe. Está certo que encarar o Grêmio, na casa do adversário, não é fácil para ninguém!

Só que o Vasco é o time da virada e nunca devemos deixar de acreditar no seu poder de reação nas adversidades. Vi um jogo equilibrado, mas adotar três volantes não me agrada. Jogar por uma bola sempre será muito arriscado ! O futebol atual tem como principal exigência versatilidade dos atletas em marcar e atacar.

Embora Renato Gaúcho seja idolatrado (com direto a estátua), seu time não tem feito boas apresentações. Os cariocas abriram o placar com o meia (ou lateral) Pikachu de pênalti. Uma jogada ensaiada, diga-se de passagem, que resultou na falta cometida pelos gaúchos. A ideia de jogar recuado e recorrer ao contra-ataque é boa, desde que disponha de atletas velozes, o que não vejo no elenco carioca, com exceção de Reginaldo Rossi. O time da casa estava apático, com apenas uma finalização nos 45 minutos iniciais, o seu treinador lançou mão de seu melhor jogador, o Cebolinha, que começou a partida no banco. Nem sempre poupar dá certo…

Na segunda etapa, o Vasco voltou com tudo e marcou um gol com Pokemon! Porém, o Var invalidou. Um absurdo. Uma verdadeira injustiça com a equipe cruzmaltina, pois foi um belíssimo gol! A justificativa do árbitro foi uma falta na origem da jogada! Sobrou até para o jogador Reginaldo Rossi, que ainda foi advertido com um cartão amarelo, um grande desfalque para o Gigante da Colina. Vários comentaristas se ergueram contra esse lance..

O grêmio não estava para brincadeira. Chegou ao empate e a virada com Pepê. Mais que uma derrota, fica o gosto amargo pela péssima atuação do juiz.

Boca Fechada não entra mosca

Em uma ação promovida por uma empresa de cosméticos, os jogadores entraram em campo com a mão na boca, é preciso que os homens expressem suas emoções para acabar coma violência e desigualdade, segundo a campanha publicitária. Mais do que marketing, o elenco do glorioso sofre com atrasos de salário e seus jogadores se recusam a dar entrevistas como forma de protesto.

Nas últimas partidas, o alvinegro vem de bons resultados, especialmente em casa. O Treinador Eduardo Barriga demonstra muita qualidade, com uma proposta pragmática, embora com um discurso sonhador de coragem.

Até os vinte minutos não teve nada de bom. Ninguém quis jogar. Cruzeiro no Z4 e Botafogo sem muito interesse. O time alvinegro apresentou extrema dificuldade em segurar a bola lá na frente. Um choque entre Ariel e Luiz Nando levou a dupla substituição, com muita sangue do lado Argentino. Os jogadores acabaram no hospital. Primeiro tempo muito ruim! Não teve gol, emoção e só dois jogadores indo de ambulância para o hospital.

Na volta do intervalo, os donos da casa tiraram o meia Branco das Neves, o que levou uma queda de produção. Com o lado esquerda ocupada por Santana, os cariocas criaram mais perigo. Várias chances desperdiçadas pelo Ursinho Puff e Bochecinha. O jogo doeu nos olhos e o placar não saiu do 0. OS cariocas perderam mais uma chance de vitória; enquanto os mineiros mantêm a péssima fase.

Eu sou o Fernando, Youtuber, jornalista(segundo o STF), colunista do facebook,, nerd demais, amante de vingadores . Espero você no meu instagram @fernandoemaciel. Você também me encontra lá no Youtube no canal Eamigo: www.youtube.com/channel/UCM9e1ltiyd2GYE5FpzBn2Aw. Deixe sua opinião.
você pode gostar também
Comentários
Carregando...

Este site utiliza cookies para melhorar sua experiência. Nós garantimos que está tudo certo com isso, mas você pode não desejar isso. Aceitar Saiba Mais