Eleições

Jornalista Cássio Bruno revela racha na disputa pela Prefeitura de Nilópolis

SIMÃO E FARID
Farid e Simão querem disputar a Prefeitura. Foto: Facebook
Receba as matérias da sua cidade em primeira mão no seu smartphone ou tablet. WhatsApp CLIQUE AQUI ou pelo Telegram CLIQUE AQUI

O jornalista Cássio Bruno revelou neste domingo (06), em sua coluna no Jornal O Dia, que a disputa pela Prefeitura de Nilópolis vai expor uma guerra dentro de um maiores clãs políticos do estado.

De acordo com Cássio, o atual prefeito Farid Abrão David (PTB) teria voltado atrás de sua decisão de se aposentar e quer a reeleição. O primo dele, ex-deputado federal Simão Sessim (PP), nos bastidores, também não esconde a vontade de concorrer. No fogo cruzado, está o presidente de honra do G.R.E.S. Beija-Flor de Nilópolis, Anísio Abraão David, irmão de Farid e primo de Simão.

Se manter a sua vontade, Farid Abrão irá disputar o quarto mandato como prefeito. Já Simão, que teve 10 mandatos de parlamentar e representa hoje o governo Witzel (PSC) em Brasília, sonha com o Executivo pela segunda vez.

Na linha de sucessão do clã, Simão Sessim foi o primeiro prefeito de Nilópolis, entre 1973 e 1977, pela Arena, partido de sustentação da ditadura militar. Depois dele, de 1983 a 1988, é a vez de Miguel Abraão, outro irmão de Anísio. Jorge Davi, irmão de Simão, assumiu de 1989 a 1992. O ciclo só teve interrupção com as eleições de Manoel Rosa, o Neca, e José Carlos Cunha. Mas, de 2001 a 2008, a família de Anísio retorna ao poder político com Farid, que se elegeu de novo em 2016. De 2009 a 2012, Sérgio Sessim, filho de Simão, ficou na cadeira. Entre os dois, uma nova quebra de sucessão com Alessandro Calazans.

A coluna revela ainda que a divisão na família de Anísio começou na reeleição de Sérgio Sessim. Farid quis ser candidato a prefeito, em 2012. O patrono da Beija-Flor não permitiu. Farid, então, concorreu no município vizinho, Mesquita. Resultado: os dois perderam. Em 2014, Farid demonstrou vontade de disputar uma vaga a deputado federal. Anísio, novamente, brecou porque Simão Sessim queria se reeleger à Câmara. Por isso, naquele ano, o atual prefeito de Nilópolis não apoiou o primo.

Veja a coluna do jornalista Cássio Bruno

Vale lembrar que durante o programa Deles e Delas, que foi ao ar no dia 15 de junho pela Tv Bandeirantes, Farid declarou que iria se aposentar da vida política. Na época ele afirmou que aos 75 anos iria se dedicar aos seus negócios particulares, elegendo seu sobrinho, o vereador Abraão David Neto como seu sucessor e virtual candidato à prefeito em 2020. Relembre a matéria clicando aqui.

Enquanto a situação não se decide quem virá na disputa pela Prefeitura de Nilópolis, a oposição se mexe e pelo menos quatro possíveis nomes já se lançam nas redes sociais. Wander Oliveira, Jorge Nunes (Dedinho), Mauro Jesus (Maurinho) e Juan Medeiros fazem discurso em prol da renovação. Dedinho e Maurinho são os únicos que tem experiência em cargos políticos. Ambos são vereadores.

Publicidade