Manoel Reis Meio Ambiente Polícia

Parque Do Gericinó pode ganhar Unidade de Policia Ambiental

POLÍCIA AMBIENTAL
Foto: Divulgação
Clique aqui e receba, com exclusividade, as matérias da sua cidade em primeira mão no seu smartphone ou tablet.

Visando promover maior segurança dos frequentadores e proteger a fauna e a flora do Parque Municipal do Gericinó e das áreas no entorno, o deputado estadual, Rodrigo Amorim, apresentou na Assembleia Legislativa do Rio de Janeiro – ALERJ, indicação em que solicita ao Governo do Estado a implantação de uma Unidade de Policia Ambiental – UPAM no parque.

RODRIGO AMORIM E LEANDRO HUNGRIA
O empresário Leandro Hungria e o deputado Rodrigo Amorim. Foto: Divulgação

 

A proposta foi uma iniciativa do empresário e morador de Nilópolis, Leandro Hungria, que apresentou a demanda:

“Há muito tempo tenho notado o aumento no número de frequentadores no Parque Natural do Gericinó. Muitos deles são moradores de Anchieta, no Rio, e da Chatuba, em Mesquita, onde há uma grande área do parque sob a responsabilidade desses municípios. A implantação desta unidade irá proporcionar mais segurança para os frequentadores e proteger toda a fauna e a flora desta maravilhosa área verde, em apoio às guardas ambientais dessas cidades. Com esse recurso, toda a área do parque terá patrulhamento 24 horas”, explicou.

Parque Do Gericinó pode ganhar Unidade de Policia Ambiental 7

A proposta foi encaminhada para a apreciação do governador Wilson Witzel que poderá sancionar ou vetar a iniciativa.

Frequentadores aprovam

A iniciativa foi recebida com alegria pelos frequentadores do Parque Municipal Natural do Gericinó:

“Acompanho as redes sociais e assim que vi uma publicação falando disso eu comentei com a minha esposa que isso já deveria ter acontecido há bastante tempo. O parque está vulnerável, qualquer um entra e mesmo que haja uma segurança dos guardas municipais, ela não é suficiente. O parque é aberto e nos municípios vizinhos não tem segurança alguma, que o governador atenda o pedido”, disse Luiz Alberto, que faz a sua tradicional caminhada no final do dia.

Outro que ficou feliz em ver a preocupação do deputado com o parque foi a vendedora Shirlei Fernandes. A jovem é uma das que frequentemente faz exercícios no local. Para ela, a proposta é interessante e deveria ser atendida logo:

“Não pode demorar, a gente precisa de mais segurança e os bichos também. Muita gente entra onde não pode e está matando os animais. Já não vejo mais pássaros, tem muito caçador clandestino que entra ai”, pediu.

Polícia Ambiental

O Comando de Polícia Ambiental tem como missão específica a execução do policiamento florestal, a proteção dos demais recursos naturais e de preservação do meio ambiente no território do Estado. Desempenha suas atividades de preservação ambiental junto com diversos órgãos Federais e Estaduais: IBAMA, DNPM, MPF, CECA, DPMA, INEA, DRM, MPE, CBMERJ e Secretarias de Meio Ambiente dos Municípios que compõem o Estado do Rio de Janeiro.

As ações da unidade têm sido reconhecidas e o balanço de suas iniciativas já foi muito positivo, nos três últimos anos, a unidade recuperou 12.695 animais silvestres das mãos de criminosos, além de ter reprimido a caça ilegal, soltura de balões, desmatamento e demais crimes ambientais.

Publicidade