Nilópolis Online
Notícias de Nilópolis todo dia

Nilópolis recebe mais uma ambulância para o SAMU

Receba as matérias da sua cidade em primeira mão no seu smartphone ou tablet. WhatsApp CLIQUE AQUI ou Telegram CLIQUE AQUI

Uma nova ambulância do SAMU 192 – Serviço de Atendimento Móvel de Urgência – chega à Nilópolis com o objetivo de incrementar a frota e reduzir o tempo de atendimento as vítimas nos casos de urgência e emergência. A viatura básica foi doada pelo Governo do Estado.

O evento “Virando o Jogo na Saúde”, no Palácio Guanabara, aconteceu na última quinta-feira, dia 6 e foram entregues no total 19 ambulâncias, padrão SAMU 192, para 11 municípios da Baixada Fluminense, sendo destas uma para Nilópolis.

Foram contemplados somente os municípios que têm o serviço habilitado e qualificado pelo Ministério da Saúde. Os furgões da Mercedes-Benz foram adaptados para ambulância de suporte básico ou avançado de vida.

Os critérios utilizados pelo Governo do Estado para a entrega das ambulâncias aos municípios foram: O primeiro é que as cidades sejam habilitadas ao SAMU. E o segundo, o número de veículos seguiu de acordo com o número de habitantes de cada cidade.

ENTREGA AMBULÂNCIA
Foto: Divulgação

 

Cada veículo está equipado com maca retrátil, cilindros de oxigênio e ar comprimido, imobilizadores, pranchas de resgate, entre outros itens para atender o munícipe e encaminhar até um unidade de saúde mais próxima.

O serviço

O acionamento do Samu é feito por ligação gratuita através do número 192, de qualquer linha móvel ou fixa. A ligação é atendida por técnicos na Central de Regulação que identificam a emergência e, imediatamente, transferem o telefonema para o médico regulador. Esse profissional faz o diagnóstico da situação e inicia o atendimento no mesmo instante, orientando o paciente, ou a pessoa que fez a chamada, sobre as primeiras ações. Durante o atendimento telefônico, o médico regulador avalia a gravidade do caso e, quando necessário, solicita ao operador de frota o envio da ambulância.

Confira as situações cujo atendimento inicial está entre as atribuições do SAMU: na ocorrência de problemas cardiorrespiratórios; intoxicação e envenenamento; queimaduras graves; trabalhos de parto em que haja risco de morte da mãe ou do feto; crises hipertensivas e dores no peito de aparecimento súbito; acidentes/traumas com vítimas; afogamentos; choque elétrico; acidentes com produtos perigosos; suspeita de Infarto ou AVC – derrame cerebral (alteração súbita na fala, perda de força em um lado do corpo e desvio da comissura labial são os sintomas mais comuns); crises convulsivas; ou outras situações consideradas de urgência ou emergência, com risco de morte, sequela ou sofrimento intenso.

O serviço foi implantado na região em 2004, através de um convênio entre o Ministério da Saúde e o Cisbaf, sendo gerido de modo compartilhado com a Prefeitura de Nilópolis.

você pode gostar também
Comentários
Carregando...

Este site utiliza cookies para melhorar sua experiência. Nós garantimos que está tudo certo com isso, mas você pode não desejar isso. Aceitar Saiba Mais