Cultura

Caravana Iluminada: Coca-Cola frustrou moradores de Anchieta e região

PESSOAS ESPERANDO CARAVANA
Moradores esperaram a toa pela caravana na Rua dos Expedicionários. Foto: Via Whatsapp
Receba as matérias da sua cidade em primeira mão no seu smartphone ou tablet. WhatsApp CLIQUE AQUI ou pelo Telegram CLIQUE AQUI

O que era pra ser um momento para dar início ao clima de Natal, se tornou um episódio de frustração na última terça-feira (26) para alguns moradores dos bairros de Anchieta, Parque Anchieta, Mariópolis e parte de Nilópolis.  Durante cerca de quinze dias a Coca-Cola divulgou em seu site oficial que a sua Caravana Iluminada iria passar nestes bairros.

A população se encheu de orgulho e desde às 20h daquela terça-feira, centenas de moradores, incluindo crianças, se dirigiram para as ruas onde o comboio deveria passar. Infelizmente, horas antes do início do desfile, que teria como ponto de partida um supermercado no bairro Santos Dumont, em Nilópolis, o percurso foi alterado aquelas localidades de fora do roteiro. E o mais grave, nem mesmo a imprensa fora avisada da mudança, que até hoje não se sabe por qual razão aconteceu.

Revolta nas redes sociais

A pequena Juju Barbalho, que mora em Mariópolis, foi uma das crianças que ficaram esperando, em vão, a passagem da caravana e postou em seu canal no Youtube um vídeo com a sua frustração. Veja abaixo:

Já em Anchieta, a página Anchieta Agora, divulgou o itinerário inicial, onde estavam incluídas as ruas do bairro e de outras próximas. Além disso, nas publicações milhares de comentários expressam a revolta da população contra a mudança.

PERCURSO OFICIAL EM ANCHIETA
Postagem mostra o mapa com o percurso original, sem as alterações. Foto: Anchieta Agora

 

Da mesma forma, nas redes sociais dos portais Nilópolis Online, Mesquita Online e Nova Iguaçu Online, foram enormes as quantidade de mensagens em desagravo pela atitude da empresa.

MENSAGENS
Internautas postaram mensagens de revolta.

 

MENSAGENS

Sem informação

No dia em que houve a mudança do percurso, nossa equipe conseguiu falar com um dos funcionários da organização, que disse não poder informar seu nome, porém, nos falou que o pedido de alteração do itinerário foi feito pela Prefeitura de Nilópolis, devido ao transtorno que a caravana poderia causar no trânsito ao passar pelas principais ruas do município, porém, ele não soube explicar quando efetivamente essa alteração foi pedida:

“Acho que foi hoje mesmo, eu não sei direito, vê com a empresa, mas foi a Prefeitura, ia atrapalhar o trânsito e ai pediram para mudar”, disse o rapaz.

Independente do motivo da mudança, os moradores que esperavam a caravana ficaram extremamente chateados e de certa forma, revoltados com a falta de informação. Muitas crianças choraram nos pontos onde a caravana deveria ter passado.

Prioridade para Nilópolis

Em Nilópolis, a passagem que ocorreria somente no centro do município, passou a ser um desfile nos bairros da cidade. A caravana saiu do ponto informado desde o início, porém seguiu passando por vários ruas dos bairros Santos Dumont, Nossa Senhora de Fátima, Cabral, Olinda, Frigorífico, Cabuís e foi encerrada no Paiol.

VEJA FOTOS E COMO FOI A PASSAGEM DA CARAVANA EM NILÓPOLIS

Com a alteração no percurso, em algumas ruas a caravana passou quase que despercebida. Já em outras, após a notícia da alteração já ter sido amplamente espalhada, os moradores saíram para os portões ou se debruçaram nas sacadas e janelas para ver a passagem de Papai-Noel e dos caminhões iluminados.

“Assim que vi no Nilópolis Online que a caravana tinha mudado o percurso, corri para a rua para ver. Ficou bonita sim, apesar da desorganização e da falta de informação, achei positiva e muito bonita a ação. Mas quem sabe, da próxima vez não façam as alterações sem avisar”, declarou a professora Juliana Martins.

Vereador quer respostas

PROFESSOR ADALMIR
Vereador, Professor Adalmir, quer respostas. Foto: Divulgação

 

O vereador do Rio de Janeiro, Professor Adalmir (PSDB), emitiu uma nota de repúdio sobre o ocorrido:

“NOTA DE REPÚDIO

Através dessa nota, manifesto minha indignação diante do ocorrido na noite de ontem, quando as ruas dos bairros de Anchieta, Parque Anchieta e Mariópolis ficaram lotadas de crianças junto de suas famílias – assim como eu, minha esposa e meus filhos – aguardando a tradicional Caravana Iluminada, da Coca-Cola.

Quando soube da notícia, mesmo não tendo nenhuma relação com o projeto ou com a empresa, fiz questão de compartilhar com vocês, já imaginando a alegria dos nossos pequenos ao viver esse momento. E todos se prepararam para essa noite, criaram expectativas e aguardaram, mas a caravana não apareceu!

Assim como noticiou o site Nilópolis On-line, a empresa – sem aviso prévio – alterou a rota e circulou apenas por algumas ruas do município de Nilópolis, pegando todos que ficaram até tarde aguardando, de surpresa.

E para tentar entender o que aconteceu, buscar mínimas explicações, além de expressar para a empresa a minha insatisfação e a de todos vocês, estou buscando contato junto a Coca-Cola.

Uma triste e frustrante situação, que esperamos não passar novamente!”

Sem resposta

Nós do Nilópolis Online tentamos contato com a Assessoria de Imprensa da companhia de refrigerantes. O Sr. Paulo Nascimento, que muito gentilmente nos atendeu, informou que a Caravana Iluminada era uma ação promocional realizada por uma empresa terceirada e nos passou o contato da sua assessora de imprensa. Porém, não obtivemos sucesso e mesmo após ligarmos insistentemente não conseguimos falar com ela.

Mas não desistimos e buscamos outro caminho. Procuramos o Serviço de Atendimento ao Cliente da Coca-Cola Brasil e a mesma informou da seguinte forma:

“Lamentamos por isso. O nosso compromisso era levar a melhor experiência para todos da cidade, mas infelizmente a rota foi revisada. É possível que imprevistos aconteçam e impeçam o funcionamento normal das caravanas, mas vamos notificar nossa área responsável do seu contato”

Em resumo, a população continua sem saber a real motivação para a alteração ou “revisão do itinerário”.

Publicidade