Utilidade Pública Saúde

5 motivos para você contratar um plano odontológico

plano odontológico
Foto: Reprodução da Internet.
Receba as matérias da sua cidade em primeira mão no seu smartphone ou tablet. WhatsApp CLIQUE AQUI ou pelo Telegram CLIQUE AQUI

Os brasileiros têm se preocupado cada vez mais em ter uma boa saúde e isso pode ser percebido principalmente pelo crescimento da população idosa, que tem uma maior preocupação em se cuidar.

Além disso, a Agência Nacional de Saúde Suplementar (ANS) divulgou em agosto, dados referentes ao mês de junho de 2019, em que há uma crescente exponencial nos contratos aos convênios odontológicos, incluindo o plano odontológico com ortodontia.

Atualmente, são mais de 24 milhões de pessoas asseguradas por algum plano de saúde odontológico, sem considerar aquelas que também possuem o convênio médico. Isso mostra a preocupação crescente em cuidar da saúde bucal.

Ter uma boca saudável significa estar livre de incômodos, de dores e de doenças. Dessa forma, é possível garantir uma melhor qualidade de vida, assim como um melhor bem-estar pessoal.

1 – Segurança

Acidentes acontecem e todos estamos suscetíveis a isso, mesmo que todos os cuidados necessários sejam tomados para manter a saúde bucal em dia.

Por conta disso, é essencial ter um plano odontologico com ortodontia para os momentos de urgência. Essa é uma segurança que vale a pena ter, principalmente para aqueles que têm filhos pequenos.

Em toda a nossa vida, há uma probabilidade de cairmos e fraturar um dente, mas isso é muito mais comum entre crianças e adolescentes, por conta de todas as atividades e brincadeiras que praticam diariamente.

Por conta disso, é muito importante ter um plano odontológico com ortodontia, para que quando for necessário, você possa correr com o seu filho ao dentista 24 horas, garantindo que ele terá o melhor atendimento possível, com profissionais de qualidade.

2 – Economia

Esse é um dos fatores que faz com que o plano odontológico com ortodontia seja tão vantajoso, principalmente para aquelas pessoas que precisam realizar tratamentos que sejam contínuos, necessitando de visitas constantes ao dentista.

Quando você tem um plano dentário, você pagar um valor mensal (ou anual, caso seja estabelecido em contrato). Dessa forma, é possível organizar as suas finanças e deixar esses gastos como mensais.

Isso é uma menor preocupação, principalmente quando aparece algum problema mais grave, que necessita a ida ao dentista de última hora e realizando tratamentos que podem sair mais caros que o esperado.

3 – Frequência

Com um plano odontológico, a probabilidade de você deixar a sua consulta regular com o dentista passar, é muito pequena. Quando se tem uma boca saudável, é solicitado que os pacientes vão ao consultório odontológico uma vez a cada seis meses.

Muitas pessoas acabam deixando essas consultas passarem, por acreditarem que está tudo bem com a sua saúde bucal e, principalmente, por questões financeiras.

Entretanto, essas consultas têm um papel fundamental na prevenção de doenças. É realizado toda uma profilaxia, com limpezas especializadas, para garantir que a placa bacteriana, assim como o tártaro, seja devidamente retirado.

Além disso, ao ir ao dentista periodicamente, ele pode te auxiliar sobre a melhor maneira de realizar a higiene bucal. Poucos sabem disso, mas uma higienização feita da forma incorreta não é eficiente quando se trata da saúde bucal.

Da mesma forma, o profissional da área da saúde odontológica está preparado para te dar as melhores dicas a respeito dos produtos adequados para cada caso de odontologia, e também para o seu.

Normalmente, é solicitado que os pacientes utilizem uma escova de dentes com cerdas macias, para garantir que o esmalte dentário não será danificado durante a escovação, por mais forte que ela seja. 

Além disso, não esqueça de passar o fio dental diariamente, pois é essencial para a retirada dos restos de alimentos entre os dentes e, principalmente, da placa bacteriana, que pode causar diversas doenças.

4 – Procedimentos obrigatórios

A ANS estabeleceu um rol de procedimentos obrigatórios para todos os planos, independente dos valores, podendo ser dos mais simples ao plano odontológico com ortodontia, por exemplo, que atende a todas as manutenções do aparelho odontológico e outros procedimentos estéticos.

Esses procedimentos obrigatórios são divididos entre os simples, intermediários e avançados:

  • Procedimentos simples: consultas avaliativas, limpezas, restaurações e manutenções;
  • Procedimentos intermediários: colagem de fragmentos e cirurgia de periodontite;
  • Procedimentos avançados: extração do dente e tratamento de canal.

 

5 – Rede credenciada

Todo convênio oferece uma rede credenciada de clínicas e dentistas credenciados para realizar os atendimentos e procedimentos das pessoas que são cobertas pelo plano dentário.

É possível consultar essa rede credenciada através do aplicativo do convênio, do próprio site ou até mesmo ligando para a seguradora, sendo possível realizar uma triagem pela localização.

Além disso, é sempre possível procurar por novos profissionais através das estratégias de marketing na odontologia, para que os melhores tratamentos sejam realizados, além de garantir maior qualidade no atendimento. 

Esses são os principais motivos para procurar por um plano odontológico. É importante enfatizar que antes de fechar um plano, uma boa pesquisa seja feita, considerando as redes credenciadas, o valor, a qualidade dos profissionais e entre outros critérios importantes. 

Dessa forma, fica ainda mais fácil aderir um serviço de qualidade e o mais importante: que supra suas necessidades e expectativas. O que acha de começar a considerar essa prioridade para o seu orçamento e cuidar ainda melhor da sua saúde bucal?