Centro Transportes

Nilópolis realiza operação contra o desrespeito à sinalização no Centro

AGENTES DE TRÂNSITO
Foto: Divulgação
Receba as matérias da sua cidade em primeira mão no seu smartphone ou tablet. WhatsApp CLIQUE AQUI ou pelo Telegram CLIQUE AQUI

De acordo com análise do Programa Vida no Trânsito (PVT), o desrespeito à sinalização e atitude imprudente estão entre as principais condutas causadoras de acidentes fatais em Nilópolis. Para mudar essa realidade, a Secretaria Municipal de Transportes está realizando operações constantes visando a autuação daqueles que insistem na prática.

Nesta quinta-feira, 09, os agentes do 1º Grupamento Especializado em Trânsito (GET), sob o comando do coordenador Marques, estiveram nas ruas Getúlio Vargas e Antônio João de Mendonça. Moradores do local enviaram diversas denúncias ao órgão sobre motoristas circulando no sentido contrário de direção. “As placas estão nos devidos locais e indicam o sentido único de direção, mas alguns motoristas insistem em desrespeitar a sinalização. Essa prática coloca em risco a vida desses condutores e de outras pessoas. Não podemos aceitar tal condição e agradecemos à população pelas denúncias”, disse o coordenador.

Este slideshow necessita de JavaScript.

Ao todo 21 motoristas foram autuados por transitar na contramão e receberão em suas residências a multa no valor de R$ 293,47, além de começar o ano perdendo 7 pontos na CNH. “Estamos fazendo a nossa parte para reforçar a atenção que o motorista precisa ter ao volante. Mas é necessário que cada um tenha consciência de que a vida, sua e dos demais, é o maior bem e por isso a responsabilidade do indivíduo não pode ficar de lado”, salienta o secretário de Transportes, Amauri de Jesus.

Além disso, outros condutores foram autuados por estacionarem em local proibido ou sobre a calçada. Eles terão que pagar multa que varia entre R$ 88,38 até R$ 195,23, além de perda de pontos na CNH conforme a infração.

Flagrante

AGENTE DE TRÂNSITO
Policiais abordaram o motociclista. Foto: Divulgação

 

Durante a operação, policiais do 20º BPM (Mesquita) flagraram um motociclista que conduzia o veículo em atitude suspeita. Ele e o garupa não usavam capacetes e estavam apenas de chinelos, além disso a motocicleta estava sem placa e os rapazes não portavam o documento do veículo.

“Agradecemos à Polícia Militar por sempre dar apoio. Apesar de não ser uma atribuição da PM, o patrulhamento ostensivo também nos ajuda”, declarou o agente Marques.