Nilópolis Online
Notícias de Nilópolis todo dia

Procon Municipal apura denúncias de preço abusivo da água mineral em Nilópolis

Receba as matérias da sua cidade em primeira mão no seu smartphone ou tablet. WhatsApp CLIQUE AQUI ou Telegram CLIQUE AQUI

O Procon Municipal de Nilópolis, autarquia vinculada à Secretaria de Cidadania e Direitos Humanos, iniciou uma operação de fiscalização para apurar denúncias sobre o aumento desproporcional do valor da água mineral, em decorrência do questionamento da qualidade da água distribuída pela Companhia Estadual de Águas e Esgotos do Rio de Janeiro (Cedae).

“Estamos atentos aos preços da água mineral em estabelecimentos comerciais do município de Nilópolis. Ainda não registramos nenhuma ocorrência, porém observamos um aumento no consumo e já recebemos notícias que em municípios próximos houve aumento no valor do litro cobrado”, disse o superintendente do Procon Municipal, Dr. Luis Fabiano.

DR. LUIS FABIANO
Dr. Luis Fabiano é o superintendente do Procon Municipal. Foto: Divulgação

 

Fabiano admitiu que “a economia brasileira é baseada no livre comércio, podendo o fornecedor praticar os preços de acordo com seus custos e com a oferta e a procura”. Porém, ele defendeu que o aumento não pode ser abusivo.

“Esse aumento não pode se tornar desproporcional. É injustificável, justamente num momento como esse, levando em consideração que água é essencial para a vida das pessoas. Pedimos a população para nos avisar em caso de aumento abusivo na água, pois isso fere o artigo 39, inciso X da Lei 8078/90”, informou.

Caso o consumidor identifique um aumento desproporcional, é importante denunciar ao Procon e, se possível, fazer o registro fotográfico do objeto da denúncia. O Procon Municipal funciona na Rua Pedro Álvares Cabral, 305, Centro.

Quem não quiser se identificar, pode fazer a denúncia de forma anônima, por meio da Ouvidoria Municipal, através do link http://nilopolis.rj.gov.br/site/ouvidoria/

você pode gostar também
Comentários
Carregando...
WhatsApp chat