Nilópolis Online
Notícias de Nilópolis todo dia

Barragem do Gericinó é vistoriada pela Defesa Civil de Nilópolis

Receba as matérias da sua cidade em primeira mão no seu smartphone ou tablet. WhatsApp CLIQUE AQUI ou Telegram CLIQUE AQUI

Apesar de não estar em sua operação normal, a barragem construída dentro da área militar do Gericinó ajudou a evitar que uma tragédia maior acontecesse nos municípios de Nilópolis e Mesquita.

A constatação foi feita pela Defesa Civil de Nilópolis, que fez uma vistoria na área. Nas imagens registradas pelos agentes é possível ver que a água alagou a parte do Gericinó destinada a esse propósito e evitou que um volume maior de água fosse liberado para o rio Sarapuí, o que causaria uma cheia de proporções bem maiores.

“Pelo que vejo pelas fotos a barragem cumpriu seu papel, porém não da forma correta. Pelo que sei as comportas estão com problemas e não há como controlá-las. Mas se não houvesse a barragem com certeza Nilópolis e Mesquita poderiam estar em situação bem pior”, disse o engenheiro ambiental, Francisco Fernandes.

Francisco acrescenta ainda que é importante que o Governo do Estado faça emergencialmente as intervenções imediatas para que a barragem volta a funcionar em sua forma plena:

“A chuva de hoje mostra que não há mais como perder tempo. A barragem é fundamental para os municípios que ficam às margens do Sarapuí, além da limpeza e desassoreamento do leito. Temo até mesmo pela segurança estrutural da barragem se não houver o conserto imediato das comportas”, alertou ele.

Ainda não há um balanço oficial dos estragados provocados pelas chuvas, apenas se sabe que várias ruas de Nilópolis e Mesquita ainda se encontram completamente alagadas e o nível do Rio Sarapuí segue acima do normal.

As defesas civis de Nilópolis e Mesquita estão nas ruas atuando no apoio às famílias e podem ser acionadas através do telefone 199.

você pode gostar também
Comentários
Carregando...

Este site utiliza cookies para melhorar sua experiência. Nós garantimos que está tudo certo com isso, mas você pode não desejar isso. Aceitar Saiba Mais