Nilópolis Online
Notícias de Nilópolis todo dia

Coronavírus: Ônibus e carros de apps circulam com o ar-condicionado desligado em Nilópolis

Receba as matérias da sua cidade em primeira mão no seu smartphone ou tablet. WhatsApp CLIQUE AQUI ou Telegram CLIQUE AQUI

Em mais uma atitude para evitar a propagação do coronavírus empresas de ônibus e motoristas de aplicativos de transportes estão trabalhando com o ar-condicionado dos veículos desligado. A medida, apesar de provocar desconforto, tem como objetivo promover a livre circulação do ar, ajudando a evitar a propagação do vírus.

Em Nilópolis a empresa Expresso São Francisco determinou que os motoristas não liguem os aparelhos de ar refrigerado dos ônibus, além disso, as janelas foram destravadas e os veículos já saíram da garagem com elas abertas.

“A empresa está certa. Sei que muitos passageiros devem estar reclamando, mas acho que em primeiro lugar devemos pensar na nossa saúde. Se os médicos dizem que a circulação de ar é importante, devemos respeitar”, disse Luiz Antônio, usuário da linha 431 (Nova Iguaçu x Nilópolis).

Já os aplicativos de transporte têm notificado os motoristas para cumprir uma série de requisitos para evitar a propagação da doença, dentre elas está a recomendação para que evitem ligar o ar-condicionado e viajar de janelas abertas. 

“Sei que não é nada confortável, mas temos que pensar na saúde. Se fizermos nossa parte, vamos evitar problemas maiores”, disse Alexandre Júnior, motorista de aplicativo.

Para o pneumologista e professor da Escola Bahiana de Medicina Almerio Machado Júnior, a medida adotada pela empresa de ônibus e pelos aplicativos é acertada:

“Quando o coletivo e carro são refrigerados, o vírus acaba circulando no ar por mais tempo, pois as janelas ficam fechadas e não há ventilação. Isso aumenta o risco”, conta.

Vale destacar que as empresas de ônibus não são obrigadas por lei a desligar os aparelhos de ar-condicionado dos veículos. Alguns ônibus possuem vidros selados, que impedem a abertura manual das janelas. Já os aplicativos de transportes apenas estão orientando os condutores, mas a decisão fica a cargo dos motoristas em conformidade com os passageiros.

você pode gostar também
Comentários
Carregando...

Este site utiliza cookies para melhorar sua experiência. Nós garantimos que está tudo certo com isso, mas você pode não desejar isso. Aceitar Saiba Mais