Nilópolis Online
Notícias de Nilópolis todo dia

Coronavírus: Prefeito Farid declara situação de emergência e ordena fechamento de estabelecimentos em Nilópolis

Receba as matérias da sua cidade em primeira mão no seu smartphone ou tablet. WhatsApp CLIQUE AQUI ou Telegram CLIQUE AQUI

A Prefeitura de Nilópolis publicou decreto, na noite desta sexta-feira (20), estabelecendo novas medidas de prevenção ao contágio do novo coronavírus (Covid-19). Por tempo indeterminado, restrições deverão ser cumpridas, como o fechamento de estabelecimentos comerciais.

Shoppings centers, centros comerciais, clubes, salões de beleza, salões de manicures, barbearias e similares, clínicas de estética, quiosques de alimentação, bares, restaurantes, lanchonetes, cafeterias e similares, feiras livres, academias de ginástica e afins e cursos de idiomas e outros cursos presenciais, escolas municipais e privadas deverão permanecer fechados à partir da 0h deste sábado, 21 de março de 2020.

Fica permitida a manutenção do serviço de entrega de refeições e lanches, seja por meio de aplicativos de entrega, seja por meio de entrega direta.

Eventos de massa, como atividades coletivas de natureza cultural, esportiva, comercial, religiosa, social ou política, também não poderão acontecer.

Além disso, os servidores a partir de 60 anos, grávidas, portadores de doenças crônicas, imuno depressivos, hipertensos, diabético, portadores de câncer, bem como aquelas doenças regulamentadas pela OMS, devidamente comprovados pelos órgãos de saúde, estarão dispensados de exercer suas atividades presenciais na prefeitura de Nilópolis. Estes poderão realizar suas atividades em casa.

O que não fecha

A paralisação do atendimento presencial não se aplica aos serviços de saúde, como hospitais, clínicas e laboratórios. A suspensão também não se estende a farmácias, hipermercados, supermercados, mercados, açougues, peixarias, hortifrutigranjeiros, quitandas, centros de abastecimento, distribuidores de gás, lojas de venda de água mineral e postos de combustíveis.

VEJA O DECRETO NA INTEGRA

você pode gostar também
Comentários
Carregando...
WhatsApp chat