Nilópolis Online
Notícias de Nilópolis todo dia

Coronavírus: Operação restringe entrada e circulação de veículos em Nilópolis

Receba as matérias da sua cidade em primeira mão no seu smartphone ou tablet. WhatsApp CLIQUE AQUI ou Telegram CLIQUE AQUI

A Secretaria Municipal de Transporte deu início neste domingo (22), a uma operação para fazer cumprir a portaria 02 /SEMTRAN/2020, que apresenta uma série de medidas temporárias de prevenção ao contágio e de enfrentamento da propagação decorrente do novo coronavírus (COVID19), além dos decretos dos governos estadual e municipal.

De acordo com o secretário Amauri de Jesus, neste primeiro momento os agentes estão procurando orientar e conscientizar os condutores:

“Sabemos que as medidas são duras e acabam por prejudicar alguns trabalhadores, mas sem a colaboração de todos não teremos como evitar a propagação do coronavírus. Nossos agentes estão nas ruas procurando conscientizar e orientar sobre estas medidas, mas se isso não funcionar vamos estar aplicando as sanções previstas”, declarou ele.

Bloqueios nas ruas

A operação batizada de COVID-19 conta com agentes realizando bloqueios nas ruas Roberto da Silveira com Rua Presidente General Craveiro Lopes, no Bairro de Olinda; Getúlio de Moura com Praça Manoel Joaquim Casemiro, no Bairro de Olinda; Coronel França Leite com Rua Luis Gonzaga, no Bairro do Cabral; Antônio José Bittencourt com Via Light; e Getúlio de Moura com Rua Vicente Celestino, de forma a impedir a entrada de ônibus, vans e similares que operam linhas regulares do sistema intermunicipal de transporte de passageiros e veículos à serviço de aplicativos e táxis que sejam oriundos do município do Rio de Janeiro.

Além disso, outras equipes estão circulando pelo município fiscalizando se os mototaxistas estão respeitando a proibição da circulação do serviço e a limitação ao máximo de dois passageiros por vez transportados em veículos à serviço de aplicativos e táxis.

O secretário Amauri destaca ainda que os agentes também procuram orientar os pedestres e condutores, principalmente aqueles que fazem parte do grupo considerado de risco pelas autoridades de saúde:

CARROCEIRO
Carroceiro é orientado a voltar para casa. Foto: Divulgação

“Nossa preocupação é com toda a população. Nossos agentes estão orientados, sempre que encontrar algum idoso a explicar a necessidade de não estar nas ruas. Tivemos o exemplo de um senhor carregando uma carroça e após a orientação ele disse que ia ficar em casa e até se desculpou”, contou.

O coordenador do Grupamento Especializado em Trânsito, Nilton Marques, se disse surpreso pela receptividade das medidas e que foram poucos os condutores que não sabiam das restrições:

“Além das barreiras nas principais vias de entrada e saída do município, nossa equipe está fazendo o monitoramento nas ruas e fiscalizando o cumprimento das medidas. Neste primeiro dia tivemos raros casos em que fomos obrigados a agir e mesmo assim os condutores acataram e entenderam a necessidade da ação”, explicou ele.

Álcool em gel nos ônibus

Outra medida que começará em breve a ser fiscalizada é a de que empresas de ônibus que operam linhas municipais deverão realizar a higienização e desinfecção dos seus veículos antes do início da operação, disponibilizar dentro dos seus veículos, recipientes contendo álcool 70º (em gel) ou de teor acima, para o uso de motoristas, cobradores e passageiros e não poderão reduzir a frota em circulação, respeitando a grade de horários estabelecida pela Secretaria Municipal de Transporte.

“Demos um tempo para que as empresas possam estar se adequando, pois sabemos que há uma grande dificuldade para que se encontre álcool 70º no mercado. Não queremos prejudicar ninguém, mas também não podemos isentá-las das obrigações”, destacou o secretário, explicando que está em contato direto com as empresas de forma que o serviço não seja prejudicado de forma a facilitar o deslocamento dos profissionais de saúde e outros essenciais no combate à pandemia.

O diretor de Operações, Carlos Eduardo, explica que as medidas já estão em vigor deste à 0h do último sábado (21), tendo sua validade corrente até a revogação do Decreto Estadual nº 46.970, de 13 de março de 2020:

“Nossos agentes estão nas ruas fiscalizando e fazendo valer as determinações. O esforço não deve ser apenas dos governos e também da população. O combate ao coronavírus é uma missão de todos”, concluiu.

VEJA E BAIXE A PORTARIA

você pode gostar também
Comentários
Carregando...