Nilópolis Online
Notícias de Nilópolis todo dia

Coronavírus: Com a maior parte do comércio fechado, ruas ficam vazias em Nilópolis

Receba as matérias da sua cidade em primeira mão no seu smartphone ou tablet. WhatsApp CLIQUE AQUI ou Telegram CLIQUE AQUI

No primeiro dia útil de vigência do decreto que fechou a maior parte do comércio em Nilópolis, a maioria dos estabelecimentos acatou a decisão e manteve as portas fechadas nesta segunda-feira (23).

A adesão se deve a uma campanha de conscientização que vem sendo feita pela Coordenadoria de Ordem Pública, que desde as primeiras horas da manhã de sábado (21), quando começou a valer o decreto do prefeito Farid Abrão (PTB), está com equipes circulando o município orientando os comerciantes que ainda estavam com suas lojas funcionando.

“Essa batalha é todos nós, não podemos achar que só o poder público deve fazer algo. Existe o decreto, mas creio que a população deve colaborar e evitar sair as ruas. Infelizmente é uma medida dura para o comércio, mas tenho fé que em breve isso irá acabar”, disse o coordenador interino de Ordem Pública, Gessé Cintra.

PREZUNIC
Supermercado com bastante procura, porém sem tumulto. Foto: Guilherme S. Costa

No calçadão da Avenida Mirandela, no Centro, somente farmácias, agências bancárias e estabelecimentos que vendem alimentos abriram. Apesar da medida desconfortante, a maior parte dos consumidores entende a necessidade para conter o novo coronavírus:

“É estranho demais passar por esse calçadão vazio, mas não tem jeito, temos que fazer a nossa parte e todos devem ter esse pensamento. Só saí de casa para comprar medicamentos, e mesmo assim comprei mais quantidade do que o habitual para poder ficar bastante tempo sem sair de casa”, disse o aposentado José Malaquias, 66 anos, que faz parte do grupo considerado de risco.

De acordo com o decreto, apenas supermercados, farmácias, padarias, postos de combustíveis, clínicas, hospitais, laboratórios, pet shops, mercearias, açougues, correios, bancos e casas lotéricas podem funcionar normalmente.

Sem casos confirmados

Até a edição desta matéria, não há registros de casos confirmados em Nilópolis. A Secretaria Municipal de Saúde tem acompanhado todos os pacientes que dão entrada tanto nas unidades públicas quanto privadas. Seguindo orientações técnica do Ministério da Saúde, os pacientes passam por avaliações metódicas até ser necessário a confirmação da infecção por via de exames. Por isso, não há motivo para pânico ou qualquer tipo de alarmismo.

você pode gostar também
Comentários
Carregando...

Este site utiliza cookies para melhorar sua experiência. Nós garantimos que está tudo certo com isso, mas você pode não desejar isso. Aceitar Saiba Mais