Nilópolis Online
Notícias de Nilópolis todo dia

Novo Coronavírus muda rotina dos Centros de Transfusão de Sangue que atende Nilópolis e região

Receba as matérias da sua cidade em primeira mão no seu smartphone ou tablet. WhatsApp CLIQUE AQUI ou Telegram CLIQUE AQUI

Além da pandemia do novo coronavírus, um outro motivo de preocupação para as autoridades é a possível queda no estoque dos bancos de sangue. Devido às normativas de segurança implementadas pelo governo do estado do Rio de Janeiro para que a população se mantenha em isolamento social, os Centros de Transfusão de Sangue de Duque de Caxias e de Nova Iguaçu/Nilópolis vem operacionalizando de forma a manter os doadores voluntários confiantes de que todas as medidas preventivas estão sendo tomadas e os protocolos de higiene e de segurança sendo seguidos.

Ao chegar ao Centro de Transfusão de Sangue, o doador recebe uma máscara e, após a realização do cadastro e de uma triagem clínica, ocorrerá a doação. Antes de ser liberado, ele receberá um lanche e hidratação, além de algumas orientações importantes. O recomendado é que não pratique exercício físico no dia e que continue ingerindo líquido. Alguma dúvida, entrar em contato com o Centro de Transfusão de Sangue.

A diretora médica da instituição, Dra. Catarina Finkel, fala sobre a importância de se manter os estoques de sangue para toda a população: “A consciência de todos é fundamental, principalmente em momentos como estes que vivemos. Os enfermos, por exemplo, continuam precisando de doações e estamos preparados para receber os doadores da melhor e mais adequada maneira possível.”, afirma a profissional.

De acordo com o médico David Uip, coordenador de Centro de Contingenciamento para o Coronavírus em São Paulo, “a grande questão de sangue é o problema que o indivíduo não está doando sangue com medo do pegar coronavírus. E não é isso, se existe um lugar protegido é o banco de sangue”. *

(*Fonte: https://g1.globo.com/sp/sao-paulo/noticia/2020/03/17/governo-de-sp-pede-doacoes-de-sangue-por-causa-do-coronavirus-pois-estoques-estao-praticamente-vazios.ghtml)

Medidas de segurança já foram tomadas pela clínica de Hemoterapia, a fim de precaver os doadores, como:

1- Orientação dos doadores para a lavagem das mãos com água e sabão e higienização com álcool em gel;

2- Distribuição de máscara para os doadores e orientação quanto à sua utilização;

3- Restrição de aglomeração de pessoas na recepção, tendo as cadeiras bloqueadas com distanciamento adequado de uma para outra.

4- Higienização constante e a todo momento, dos assentos, corrimão, maçanetas e outros elementos físicos do local.

Como e onde doar

Para doar sangue, basta estar em boas condições de saúde e alimentado, ter entre 16 e 69 anos, pesar mais de 50 kg e levar documento de identidade original com foto recente.

Importante evitar alimentos gordurosos nas 4 horas que antecedem à doação e 12 horas para o caso de bebidas alcoólicas. Se estiver com sintomas de gripe ou resfriado, ou tiver tomado vacina recentemente, não deve doar temporariamente.

Para maiores informações dos postos de coleta, a população deve consultar o @doacaodesangue, nas mídias sociais.

Serviço:

Clínica de Hemoterapia

Rua Almirante Teffé, nº 594 – Sobrado – Centro – Niterói – R.J.

Telefone: 2621-9100

Horário de Funcionamento: 07:00 às 16:30h.

Centro de Transfusão Sanguínea (CTS)

R. Barão de Tefé, Lote 26 – Quadra 59 – Jardim Vinte e Cinco de Agosto, Duque de Caxias, RJ

Centro de Transfusão de Nova Iguaçu/Nilópolis (CTN)

Rua Cirílo, 183 – Juscelino, Mesquita, RJ

Horário de Funcionamento: 7h30 às 12h

você pode gostar também
Comentários
Carregando...
WhatsApp chat