Nilópolis Online
Notícias de Nilópolis todo dia

Prefeitura prorroga quarentena e obriga uso de máscaras em Nilópolis

Receba as matérias da sua cidade em primeira mão no seu smartphone ou tablet. WhatsApp CLIQUE AQUI ou Telegram CLIQUE AQUI

O prefeito de Nilópolis, Farid Abrão, prorrogou do estado de calamidade pública em Nilópolis por conta da pandemia de coronavírus. Como parte do enfrentamento, o Município passa a obrigar o uso de máscaras pela população.

O decreto Nº 4537/20 foi publicado no Diário Oficial Eletrônico do Município, publicada nesta sexta-feira (30/04), e traz em seu artigo 1º que “em razão da grave crise de saúde, decorrente da pandemia de COVID-19, impondo a adoção de medidas excepcionais para o cumprimento das obrigações assumidas, no que tange ao seu enfrentamento”.

Além do fechamento de todo o comércio não essencial, e o funcionamento apenas de serviços como supermercados, farmácias, laboratórios, clínicas médicas, hospitais, mercados, padarias, açougues, estabelecimentos de fornecimento de água potável, venda e entrega de gás tipo GLP, postos de combustíveis, estabelecimentos bancários, loja de produtos veterinários e alimentação
animal, estabelecimentos comerciais destinados à venda de materiais de construção, ferragens e equipamentos de proteção individual.

E como uma medida mais dura no enfrentamento, o decreto em seu artigo 7º, estabelece o uso obrigatório de máscaras para proteção em quais quer lugares em Nilópolis. Ou seja, a partir do momento que o cidadão sair de casa, ele deverá estar protegido, independente do local que vá, seja público ou privado.

Nilópolis segue protocolo para manejo de corpos

Seguindo a recomendação do Ministério da Saúde, o município passa a adotar os procedimentos para o manejo de corpos nesse período de pandemia. O guia orienta os profissionais de saúde a como proceder na ocorrência de morte em unidade hospitalar, em residências e também em espaços públicos.

Além disso, é recomendado os funerais de casos suspeitos ou confirmados ocorra com poucas pessoas e com a urna fechada, adotando distanciamento entre as pessoas de pelo menos 2 metros. A cerimonia deve acontecer sem aglomeração de pessoas, com limite máximo de 10 pessoas.

O decreto entra em vigor a partir da publicação, sem previsão de término. O Decreto na íntegra pode ser acessado através do link: Decreto de Calamidade Pública – PMN

você pode gostar também
Comentários
Carregando...

Este site utiliza cookies para melhorar sua experiência. Nós garantimos que está tudo certo com isso, mas você pode não desejar isso. Aceitar Saiba Mais