Nilópolis Online
Notícias de Nilópolis todo dia

Procon Nilópolis fiscaliza e orienta comércio na reabertura

Receba as matérias da sua cidade em primeira mão no seu smartphone ou tablet. WhatsApp CLIQUE AQUI ou Telegram CLIQUE AQUI

O comércio de Nilópolis vem recebendo a visita de equipes de fiscalização durante a retomada das atividades econômicas. Agentes verificam se os estabelecimentos cumprem as regras para reabertura, que começou há duas semanas.

De acordo com o superintendente do Procon Nilópolis, Dr. Luis Fabiano, a autarquia se junta aos demais órgãos da municipalidade no combate ao novo coronavírus:

“O governo municipal tem controlado de forma responsável e intensa o contágio, as equipes atuam sem descanso, com honras ao pessoal da Secretaria de Saúde e da Coordenadoria de Ordem Pública que não descansam. Procuramos atuar com o mesmo empenho e procurando conciliar as necessidades dos comerciantes com os cuidados necessários para a retomada das atividades comerciais”, disse.

Cliente Oculto nas ruas

Para conferir se os protocolos de segurança sanitária estão sendo aplicados, o Procon Nilópolis tem lançado mão do “cliente oculto”. Os servidores se passam por consumidores e verificam se os comerciantes estão procurando manter o distanciamento nas fila, uso de máscaras, distribuição do álcool em gel e outras medidas.

Luís acrescenta que a fiscalização tem como objetivo de orientar, e não punir, mas caso haja reincidência no descumprimento das normas, os estabelecimentos serão punidos.

“Optamos pelo diálogo e cooperação. Infelizmente as respostas não vêm de maneira rápida. Os resultados são construídos dia a dia. Com esforço e empenho de todos, inclusive da população, que precisa entender que o combate ao novo coronavírus depende também dela”, acrescentou.

Com relação à população, Dr. Luis Fabiano, diz que os nilopolitanos em sua maioria estão conscientes das suas obrigações e que nos últimos dias 30 dias realizou uma pesquisa junto aos bancos e constatou que a maioria das pessoas nas filas eram de outros municípios:

“Nossa equipe de fiscalização realizou enquetes nas filas dos bancos e nos casos dos bancos privados, 60% da população nas filas não eram de Nilópolis; já no caso dos bancos federais (Banco do Brasil e Caixa Econômica Federal), 85% do público era de outros municípios. Isso chama nossa atenção e nos indica a necessidade de não perder de vista as fiscalizações e os diálogos com os gerentes. Eles passam por várias dificuldades sendo a mais gritante o aumento de demanda e a diminuição de pessoal”, reforçou.

O atendimento presencial no Procon Nilópolis está suspenso desde março e sem previsão de retorno. As reclamações e denúncias devem ser feitas pelo e-mail: procon@nilopolis.rj.gov.br.

você pode gostar também
Comentários
Carregando...

Este site utiliza cookies para melhorar sua experiência. Nós garantimos que está tudo certo com isso, mas você pode não desejar isso. Aceitar Saiba Mais