Nilópolis Online
Notícias de Nilópolis todo dia

Covid-19: Fiocruz indica permanência de alta letalidade no Rio

Receba as matérias da sua cidade em primeira mão no seu smartphone ou tablet. WhatsApp CLIQUE AQUI ou Telegram CLIQUE AQUI

O boletim Observatório Fiocruz Covid-19 relativo às semanas epidemiológicas 35 (23 a 29 de agosto) e 36 (30 de agosto a 5 de setembro) mostra que a letalidade por covid-19 permanece alta no Rio de Janeiro e aumentou consideravelmente em Goiás. De acordo com a Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz), a análise divulgada hoje (12) aponta que esse cenário pode indicar falhas na atenção primária e na vigilância epidemiológica nesses estados.Covid-19: Fiocruz indica permanência de alta letalidade no Rio 3

Segundo o levantamento, o país apresenta uma ligeira tendência de queda no número de mortes por covid-19, mas se mantém em patamares ainda altos de número de casos notificados. O boletim mostra tendência de aumento do número de casos nos estados de Santa Catarina e Rio Grande do Sul e aumento da mortalidade no Amazonas e no Pará, que vinham apresentando redução no número de óbitos.

Em relação aos leitos de unidade de terapia intensiva (UTI) para covid-19, o boletim chama atenção para a redução da disponibilidade de leitos no Amazonas e a sobrecarga do sistema hospitalar em Goiás e no Rio de Janeiro. Segundo a Fiocruz, a capital fluminense encontra-se novamente na zona crítica, com 82% dos seus leitos de UTI Covid-19 ocupados. De acordo o documento, este resultado pode ser parcialmente atribuído à desativação dos hospitais de campanha no estado do Rio.

De acordo com o boletim divulgado hoje pela Secretaria Estadual de Saúde do Rio, o estado contabiliza 16.895 mortes por covid-19 e 240.776 casos confirmados. O número de pacientes recuperados da doença é de 218.603 no estado. A capital fluminense registra 10.113 óbitos pela covid-19 e 95.190 casos confirmados.

você pode gostar também
Comentários
Carregando...

Este site utiliza cookies para melhorar sua experiência. Nós garantimos que está tudo certo com isso, mas você pode não desejar isso. Aceitar Saiba Mais