Nilópolis Online
Notícias de Nilópolis todo dia

Aprenda oração de Nossa Senhora das Dores para aliviar angústia

Receba as matérias da sua cidade em primeira mão no seu smartphone ou tablet. WhatsApp CLIQUE AQUI ou Telegram CLIQUE AQUI

O dia 15 de setembro foi escolhido para homenagear a Nossa Senhora das Dores, essa é mais uma das formas que Maria, mãe de Jesus, pode ser conhecida pela igreja católica. As festas em homenagem a Santa são típicas em países de origem ou predomínio do catolicismo, como Itália, Portugal e Brasil.

No Brasil, Nossa Senhora das Dores é considerada padroeira de várias cidades, como Caldas Novas, Miracatu e Tubarão em Santa Catarina.

As celebrações tiveram início na região da Germânia, durante o século XIII. A santa é representada por sete espadas no seu coração, ara mostrar as sete dores de Maria.

  1. A profecia de Simeão
  2. Fuga da Sagrada Família para o Egito
  3. O desaparecimento de Jesus no Templo
  4. Assistir Jesus carregando a cruz
  5. Presenciar a crucificação de Jesus
  6. Maria recebendo o corpo do Filho quando é retirado da cruz
  7. O enterro e sepulcro de Jesus Cristo

Oração para aliviar angústia

“Dai-nos, Senhora, a graça de compreender o oceano de angústias que fizeram de vós a ‘Mãe das Dores’, para que possamos participar de vossos sofrimentos e vos consolemos pelo nosso amor e nossa fidelidade. Choramos convosco, ó rainha dos mártires, na esperança de ter a felicidade, de um dia nos alegramos convosco no céu. Amém!”

Origem

Nossa Senhora das Dores (ou Nossa Senhora da Piedade) é uma forma pela qual é venerada Maria, a mãe de Jesus, pela igreja católica. Em 1239, como fruto da devoção à Cruz, nasce em Florança, na Ordem dos Servitas a devoção à Master Dolorosa (Mãe das Dores). Das Sete Dores de Maria nasceu o título de Nossa Senhora das Dores, tão cultuado pelos católicos do mundo inteiro, sobretudo na Semana Santa. Veja abaixo a oração no Dia de Nossa Senhora das Dores.

São 7 Dores de Nossa Senhora, como fuga para Egito, perda do menino Jesus, encontro no Calvário, coração dilacerado assiste à crucificação, entre outras dores.

“Ó Maria, Vós que percorrestes o caminho da cruz juntamente com o Filho, sentindo vosso coração de mãe despedaçado pela dor, mas sempre recordada e intimamente confiante de que Aquele para quem nada é impossível saberia dar cumprimento às suas promessas, implorai para nós e para as futuras gerações a graça do abandono ao amor de Deus. Fazei com que em presença do sofrimento, do desprezo, da prova, ainda que prolongada e dura, nunca duvidemos do seu amor. A Jesus, vosso Filho, honra e glória para sempre. Amém”.

você pode gostar também
Comentários
Carregando...

Este site utiliza cookies para melhorar sua experiência. Nós garantimos que está tudo certo com isso, mas você pode não desejar isso. Aceitar Saiba Mais