Nilópolis Online
Notícias de Nilópolis todo dia

Ex-secretário de Meio Ambiente de Nilópolis é o novo vice-prefeito do Rio

Receba as matérias da sua cidade em primeira mão no seu smartphone ou tablet. WhatsApp CLIQUE AQUI ou Telegram CLIQUE AQUI

Com a vitória de Eduardo Paes (DEM), neste domingo (29), quem também se sagrou vitorioso foi o ex-secretário de Meio Ambiente de Nilópolis, Nilton Caldeira (PL).

Vice-prefeito eleito, Nilton ocupou a Secretaria de Meio Ambiente na gestão do ex-prefeito Alessandro Calazans, entre os anos 2013 e 2016.

Foi durante a sua gestão que o Parque Municipal Natural do Gericinó sofreu com diversas irregularidades, como o uso de linhas chilenas, “pegas” com carros e motos, além dos casos de uso da área por bandidos oriundos da Favela da Chatuba, em Mesquita, para o tráfico de drogas.

Em 2015, durante a reunião do Conselho Municipal do Meio Ambiente (COMAM-NIL), para discutir e reavaliar o Plano de Manejo do Parque do Gericinó, o ex-secretário foi questionado pelos membros do conselho sobre uma possível irregularidade na contratação de uma empresa que aluga triciclos para os frequentadores, já que a mesma fora escolhida sem passar pela avaliação dos conselheiros e sem licitação, conforme determina a Lei 8.666/93 (Lei de Licitações). Ao responder o questionado, Caldeira provocou polêmica ao responder:

“Quem manda no Parque Natural do Gericinó sou eu, eu coloco o que eu quiser dentro do Parque e que ninguém tem nada a ver com a cessão da área para o aluguel de triciclos”.

Tal atitude do secretário desencadeou revolta nos conselheiros, e notando que o clima tinha ficado mais tenso, o secretário optou por deixar a reunião, o que deixou a relação entre o COMAM-NIL estremecida.

Página ignora passagem por Nilópolis

Na página oficial do até então candidato à Prefeitura do Rio de Janeiro, Eduardo Paes, na biografia de Nilton Caldeira não consta a passagem pela Secretaria de Meio Ambiente de Nilópolis. No link www.eduardopaes.com.br/conheca-nilton-caldeira/ consta apenas que Nilton é carioca da Tijuca, tem 63 anos, é casado com a Glauce e pai da Hannah. É administrador de empresas e pertence ao Partido Liberal desde os tempos do Álvaro Valle. O texto diz ainda que Nilton tem longo currículo de serviços prestados ao Rio: foi Secretário de Desenvolvimento Social e membro efetivo do Conselho Municipal de Política Urbana. Ele estará ao lado de Eduardo Paes, resgatando o Rio da situação de abandono em que a nossa cidade se encontra.

Antes de assumir o cargo, no início do governo Calazans, ele já tinha atuado como secretário da liderança na Alerj durante 15 anos. Posteriormente, foi subsecretário de Desenvolvimento Social da Prefeitura da Cidade do Rio de Janeiro, membro efetivo no Conselho Municipal de Política Urbana e do comitê organizador dos Jogos Pan-Americanos. Também foi membro da rede Mercocidades (MERCOSUL), gestor do Centro Luiz Gonzaga de Tradições Nordestinas (Feira de São Cristovão), subsecretário de Desenvolvimento Econômico, Ciência e Tecnologia da prefeitura da cidade do Rio de Janeiro e assessor técnico legislativo da câmara municipal carioca até aceitar o convite para trabalhar em Nilópolis.

A partir de 1º de janeiro de 2021, Nilton Caldeira assume como vice-prefeito do Rio de Janeiro. Na ausência de Eduardo Paes, caberá a ele tomar decisões na Prefeitura de uma das cidades mais importantes do país.

você pode gostar também
Comentários
Carregando...

Este site utiliza cookies para melhorar sua experiência. Nós garantimos que está tudo certo com isso, mas você pode não desejar isso. Aceitar Saiba Mais