Nilópolis Online
Notícias de Nilópolis todo dia

Cavalos soltos nas ruas causam transtornos em Nilópolis

Receba as matérias da sua cidade em primeira mão no seu smartphone ou tablet. WhatsApp CLIQUE AQUI ou Telegram CLIQUE AQUI

Os motoristas que transitam pelas ruas de Nilópolis precisam redobrar a atenção. Animais de grande porte, geralmente equinos e muares, soltos pelas ruas e avenidas, aumentam cada vez mais a insegurança de motoristas e pedestres, que frequentemente são surpreendidos por eles durante o seu trajeto. As pessoas dizem que estão cansadas de reclamar e nada é feito.

Nessa quarta-feira (02), a reportagem do Nilópolis Online flagrou a presença desses animais em diferentes regiões da cidade.

Na Rua Marechal Castelo Branco, no bairro Santos Dumont, dois cavalos passeavam normalmente no meio da rua e disputavam espaço com os carros que transitavam pelo local.  A dona de casa Jandira Ribeiro, que mora na rua onde os animais foram vistos, diz que casos assim são comuns no bairro.

“Esses animais sempre passam por aqui. Deve ser alguém aqui do bairro que cria e deixa-os livremente pela rua. Aí eles saem em busca de comida e capim. Acho que deveria haver mais conscientização dos donos e mais rigor por parte da prefeitura que deveria recolher os bichos”, afirma a dona de casa.

Já no bairro Nova Cidade, próximo à movimentada RJ-081 (Rodovia Carlinhos da Tinguá), ou Via Light, como é popularmente conhecida, três cavalos reviravam o lixo em busca de alimento. Quem mora no local, reclama da situação e do perigo de acidentes.

“Além de espalharem o lixo na rua, eles podem causar acidentes, em especial na estrada, onde tem maior movimento de veículos”, diz a estudante Ana Azevedo que mora no local.

Em caso de acidente, responsabilidade é do proprietário

A legislação vigente estabelece que a responsabilidade civil em caso de acidente causado por animal é do proprietário. O Código Civil Brasileiro define no artigo 936 que “em eventuais acidentes causados pelos animais, o dono, ou detentor do animal, ressarcirá o dano por este causado, se não provar culpa da vítima ou forças maiores.”

O problema na maioria dos casos é achar o proprietário.

O que fazer quando identificar animais na pista:

– Reduza a velocidade.
– Nunca buzine para não assustar o animal.
– Não pisque os faróis ou jogue luz sobre o animal.
– Feche os vidros do veículo ao passar perto de animais de grande porte.
– Se for necessário ultrapassar, siga por trás do animal (nunca pela frente, ele pode se assustar e atacar ao ver o veículo passando).
– Depois de ultrapassar os bichos, sinalize para os motoristas que vêm em direção oposta sobre o perigo, piscando os faróis. Piscar três vezes o farol e posicionar a mão para baixo com quatro dedos abertos indica a presença de animais na pista.

Sem local para denúncias

Como em Nilópolis ainda não há um setor destinado a fiscalizar e remover animais soltos nas ruas do município, cabe ao cidadão apenas enviar a sua reclamação para a Ouvidoria Municipal, através do nilopolis.rj.gov.br/site/ouvidoria/.

Vereador quer criar Patrulha Animal

O vereador recém-eleito, Leandro Hungria, afirmou que vai propor a criação de uma Patrulha Animal para fiscalizar e retirar animais das ruas.

“Hoje esses animais perambulam livremente sem serem incomodados. Minha proposta é criar uma patrulha com agentes da Guarda Ambiental Municipal – GAM, para atuarem em todo o município, além de fazer um convênio com instituições de proteção aos animais para que cavalos e outros bichos possam ser recolhidos e seus donos punidos conforme a Lei”, disse o vereador que assume o seu primeiro mandato em 2021.

você pode gostar também
Comentários
Carregando...

Este site utiliza cookies para melhorar sua experiência. Nós garantimos que está tudo certo com isso, mas você pode não desejar isso. Aceitar Saiba Mais