Nilópolis Online
Notícias de Nilópolis todo dia

Acabou a novela: Publicado o decreto municipal que regulamenta a aplicação dos recursos da Lei Aldir Blanc em Nilópolis

Receba as matérias da sua cidade em primeira mão no seu smartphone ou tablet. WhatsApp CLIQUE AQUI ou Telegram CLIQUE AQUI

Finalmente a Prefeitura de Nilópolis publicou no Diário Oficial do Município o decreto Nº 4.628, de 18 de dezembro de 2020, que regulamenta os critérios a serem adotados para a aplicação dos recursos federais oriundos da Lei de Emergência Cultural, que prevê o atendimento ao setor cultural durante esse período de calamidade pública causada pela Covid-19. A Lei Aldir Blanc (Lei Federal Nº 14.017) foi sancionada em 29 de junho de 2020 e regulamentada pelo Decreto Federal nº 10.464, de 17 de agosto de 2020.

Pelo decreto municipal, os recursos destinados ao Município de Nilópolis, na ordem de R$ 1.116.355.89 deverão ser depositados nas contas dos beneficiários até o dia 31 de dezembro de 2020.

Desde que a Lei Aldir Blanc os artistas nilopolitanos viviam a expectativa da liberação dos recursos, porém por uma falha da própria Prefeitura, que não havia feito a alteração na Lei Orçamentária Anual, os valores não puderam ser liberados. O imbróglio, que também aconteceu em outros municípios, chegou a ser alvo de uma cartilha publicada em setembro pela Confederação Nacional dos Municípios. O guia, de acordo com a entidade, servia para auxiliar gestores públicos na aplicação da lei.

Secretário de Cultura pede demissão

O problema causou uma verdadeira saia justa entre o secretário de Cultura, Antônio Carlos da Costa, e os artistas da cidade. No último dia 18, durante uma reunião entre a prefeita Jane Louise Martins David e representantes da classe artística nilopolitana, Antônio Carlos, chegou a pedir demissão:

“Eu não sou mais secretário, acabei de pedir minha demissão, agora tem que ser decente. Vim aqui em memória do Farid (…). O homem que me respeitava morreu”, disse, fazendo alusão ao ex-prefeito Farid Abraão, falecido no último dia 11 após internação por Covid-19.

Nas redes sociais, Antonio Costa chegou a convocar os artistas para pressionar a Câmara. Porém a mobilização aconteceu por uma live em seu perfil pessoal no Facebook às 17:44, faltando poucos minutos para o encerramento da Câmara em 2020. O secretário teria entregue os documentos necessários para a votação um dia antes, às 16h, enquanto a Câmara já teria uma fila de outras votações na pauta.

você pode gostar também
Comentários
Carregando...

Este site utiliza cookies para melhorar sua experiência. Nós garantimos que está tudo certo com isso, mas você pode não desejar isso. Aceitar Saiba Mais