Nilópolis Online
Notícias de Nilópolis todo dia

Assaltantes de moto aterrorizam moradores da Rua Antônio Cardoso Leal

Receba as matérias da sua cidade em primeira mão no seu smartphone ou tablet. WhatsApp CLIQUE AQUI ou Telegram CLIQUE AQUI

Os moradores da Rua Antônio Cardoso Leal, que faz a ligação entre o Centro e o bairro Frigorífico, não sabem mais como fazer para se protegerem dos constantes assaltos, em sua maioria perpetrados por criminosos usando motocicletas. Na manhã desta segunda-feira (04) um jovem saia de casa para trabalhar quando foi surpreendido por um homem em uma motocicleta.

Segundo o rapaz (que não identificaremos para evitar represálias), o criminoso estava de camisa branca, calça jeans e mochila, fez a abordagem e pediu que ele entregasse o celular:

“Ele parou do meu lado pediu o celular e mostrou que estava armado. Eu estava sem celular, mostrei pra ele e mesmo assim insistiu, tive que levantar a camisa e esvaziar o bolso para ele ver que não estava mentindo, só assim ele foi embora. Fiquei com medo da reação dele diante da minha resposta, mas Graças a Deus ele foi embora”, disse.

Mas nem sempre é assim. Moradores contam que os bandidos são muito rápidos na ação, em menos de um minuto tomam o aparelho e fogem. A dinâmica é a mesma, apenas um dos bandidos desce da moto e, fazendo menção de estar armado, levando a mão à cintura, ele assusta a vítima que sequer tem tempo de esboçar qualquer reação.

Morador há muitos anos da Rua Antônio Cardoso Leal, Eric (nome fictício) conta que os assaltos são constantes e os bandidos usam sempre a moto como veículo de fuga:

“Aqui o pessoal tem medo de sair e de chegar em casa. Meu irmão teve o carro roubado quando saía de casa as 5h para trabalhar. Minha prima foi assaltada três vezes aqui na rua. Agora estão roubando também os motoristas de aplicativo quando param para o embarque e desembarque de passageiro. Eles agem muito rápido”, comentou o morador.

Enquanto isso, a Polícia Militar diz que faz rondas constantes na localidade e pede que as vítimas registrem as ocorrências na delegacia, pois segundo a PM, as ações de patrulhamento seguem os dados da chamada Mancha Criminal, feita com base nos registros da Polícia Civil.

você pode gostar também
Comentários
Carregando...

Este site utiliza cookies para melhorar sua experiência. Nós garantimos que está tudo certo com isso, mas você pode não desejar isso. Aceitar Saiba Mais