Nilópolis Online
Notícias de Nilópolis todo dia

Nilópolis assinará termo de cooperação com a Faetec

Secretário de Trabalho se reuniu com o presidente da Fundação, João Carrilho

Um termo de cooperação entre a Faetec (Fundação de Apoio à Escola Técnica) e a Prefeitura de Nilópolis vai permitir a oferta de vários cursos de qualificação aos moradores da cidade. A assinatura desse convênio foi acordada em reunião entre o secretário de Trabalho, Renda e Desenvolvimento Econômico, Eduardo Amorim, e o presidente da Faetec, João Carrilho, no início da tarde de segunda-feira (1/2), na sede da Faetec, em Quintino.

“Nossa preocupação agora é dar qualificação aos nilopolitanos, para que tenham condições de buscar emprego”, explicou Eduardo Amorim, salientando que a situação ficou mais difícil após a pandemia do novo Coronavírus. Entre os cursos solicitados por Amorim estão: padeiro e confeiteiro, robótica e hotelaria, informática, auxiliar de cozinha, cozinheiro e eletricista. Amorim estava acompanhado do subsecretário de Trabalho, Renda e Desenvolvimento Econômico, Luiz Alberto Alcântara.

Por intermédio do convênio, a Faetec cederá suas instalações e a Secretaria de Trabalho pagará os profissionais.  O secretário convidou João Carrilho para participar do primeiro Fórum dos Secretários de Trabalho dos municípios Baixada Fluminense, dia 9 de fevereiro, a partir das 9h, no Salão 723, no Centro de Nilópolis.  E estendeu o convite ao secretário de Estado de Ciência e Tecnologia, Dr. Serginho.  São aguardadas as presenças dos 13 secretários de trabalho da região e também do secretário de Trabalho do Estado, Capitão Paulo Teixeira.

“Devemos retornar com os cursos de qualificação em março, mas as aulas de ensino médio e regular serão dadas de forma remota”, afirmou o presidente da Faetec, João Carrilho. Ele contou que também convidará os servidores que trabalham no CETEP Faetec Nilópolis, localizado no bairro Paiol, para irem à reunião.

Eduardo Amorim disse que a secretaria tem um estudo elaborado em conjunto com o Sebrae (Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas) que mapeia as demandas dos moradores de Nilópolis quanto aos cursos de qualificação profissional. O presidente da Faetec, então, pediu que ele envie essa pesquisa para que a Fundação possa oferecer cursos que atendam às necessidades dos nilopolitanos.

Fonte: Coordenadoria de Comunicação / PMN
você pode gostar também
Comentários
Carregando...

Este site utiliza cookies para melhorar sua experiência. Nós garantimos que está tudo certo com isso, mas você pode não desejar isso. Aceitar Saiba Mais

%d blogueiros gostam disto: