Nilópolis Online
Notícias de Nilópolis todo dia

Com recursos da Lei Aldir Blanc, circos retomam os espetáculos com público

PÁGINA INICIAL > IMPRENSA > NOTÍCIAS

Com recursos da Lei Aldir Blanc, circos retomam os espetáculos com público

5 de fevereiro de 2021

A alegria do circo está de volta ao Rio de Janeiro. Graças aos recursos da Lei Aldir Blanc, geridos pela Secretaria de Estado de Cultura e Economia Criativa, 17 companhias do estado estão retomando suas apresentações. Duas delas já realizam espetáculos neste fim de semana na capital fluminense. O Halley Circus fincou lona na comunidade do Barbante, em Campo Grande, e o Circo Trapézio, na Cidade de Deus. Ambos darão shows gratuitos para essas comunidades da Zona Oeste.

O isolamento social provocado pela pandemia abalou a vida dos artistas circenses, cujo sustento é tirado praticamente todo da venda de ingressos. Em virtude do fechamento das arenas, essas companhias familiares tiveram que recorrer a doações na maioria das vezes durante esse período. O Circo Trapézio, sediado em Ilha de Guaratiba, encerrou a última temporada no início de 2020 e só agora está voltando às atividades.

–  Fizemos as duas últimas temporadas no bairro da Covanca, na Zona Oeste do Rio, entre julho e agosto de 2019, e no Festival Universo Paralello, na Bahia, entre dezembro e janeiro de 2020. Agora, nós entramos no edital da Aldir Blanc e felizmente fomos selecionados – conta Ângela Cericola, proprietária do circo.

A família Cericola, de origem italiana, atua no Brasil desde o século 19. A Covid-19 tirou a vida do artista mais velho da trupe, Waldemar Cericola, que faleceu em abril do ano passado, aos 95 anos. Mas a companhia tem mais a comemorar. A estreia desta sexta-feira (05) será marcada também pelo nascimento de mais um membro da família, filho da trapezista Amanda.

O espetáculo conta com números circenses tradicionais e tem entrada gratuita. A lona fica na Quadra do Lazer 15, na Cidade de Deus. É obrigatório o uso de máscara para entrar, e os lugares são limitados para a segurança do público e artistas. A apresentação de sexta é às 20h, e as de sábado e domingo, às 18h e 20h.

Os últimos meses também foram difíceis para a trupe do Halley Circus, mas seus integrantes estão felizes com a retomada dos shows neste fim de semana na comunidade do Barbante, em Campo Grande. Os artistas estão bem ensaiados e preparam surpresas para essa retomada.

– Ficar parado e depender de doações abala nossa autoestima. Nossa felicidade é imensa, principalmente porque a comunidade do Barbante nos apoiou muito e é um orgulho se apresentar aqui – diz Geovanni Talma, proprietário do Halley.

O show também conta com as atrações tradicionais circenses, mas tem uma parte especial para as crianças, em que sempre há uma surpresa. O Halley faz seu espetáculo nesta sexta (05) e sábado (06), às 20h30, no Barbante, em Inhoaíba, Campo Grande.

Cada companhia selecionada pelo edital Juntos pelo Circo da Lei Aldir Blanc está recebendo R$ 60 mil. Também foram selecionados o African Circo (Nova Iguaçu), American Circus (Cantagalo), Babilônia Circus (São João de Meriti), Big Circus Show (Nova Friburgo), Circo Estoril (Itaguaí), Circo Flutuante (Santa Teresa), Circo Internacional do México (São Gonçalo), Monte Carlo (Belford Roxo), Montreal (São Gonçalo), Robatini (Campo Grande), Saltimbanco (Guaratiba), Italian Robattini Circus (Niterói), Cross Circus (Campo Grande) e Vsart (Nova Iguaçu).

Serviço:

Circo TrapézioLocal: Quadra do Lazer 15, na Cidade de DeusHorários: Sexta-feira (05), às 20h, e sábado (06) e domingo (07), às 18h e às 20hEntrada: gratuita

Halley CircusLocal: Comunidade do Barbante, Inhoaíba, Campo GrandeHorário: Sexta-feira (05) e sábado (06) às 20h30Entrada: gratuita

você pode gostar também
Comentários
Carregando...

Este site utiliza cookies para melhorar sua experiência. Nós garantimos que está tudo certo com isso, mas você pode não desejar isso. Aceitar Saiba Mais

%d blogueiros gostam disto: