Nilópolis Online
Notícias de Nilópolis todo dia

Gráfica produzia raspadinhas falsas em Nilópolis

Receba as matérias da sua cidade em primeira mão no seu smartphone ou tablet. WhatsApp CLIQUE AQUI ou Telegram CLIQUE AQUI

A Polícia Civil prendeu dois homens suspeitos de integrar um esquema de venda de raspadinhas falsas em Nilópolis, nesta quinta-feira (4). A operação foi deflagrada pela DRCPIM (Delegacia de Repressão aos Crimes contra a Propriedade Imaterial) e nomeada “Apatéonas”, palavra que significa “golpistas” em grego.

Segundo a polícia, a investigação começou há dois meses após denúncias de que raspadinhas de Minas Gerais estavam sendo vendidas em pontos de varejo no Rio de Janeiro.

A partir disso, a polícia descobriu que cartelas eram impressas em uma gráfica clandestina, que produzia cerca de 100 mil raspadinhas por dia. A investigação apontou um prejuízo ao mercado estimado em cerca de R$ 6 milhões por mês.

Na ação, cerca de 10 mil raspadinhas falsas e maquinário de impressão foram apreendidos.

A Polícia Civil informou que os presos vão responder por estelionato e por promover falsa loteria. Somadas, as penas chegam a oito anos de reclusão. Além disso, os donos de pontos de vendas responderão pelo crime de contravenção, cuja pena é de até dois anos.

você pode gostar também
Comentários
Carregando...

Este site utiliza cookies para melhorar sua experiência. Nós garantimos que está tudo certo com isso, mas você pode não desejar isso. Aceitar Saiba Mais

%d blogueiros gostam disto: