Bem-vindo ao Nilópolis Online   Click to listen highlighted text! Bem-vindo ao Nilópolis Online
Nilópolis Online
Notícias de Nilópolis todo dia

Estado do Rio reafirma protagonismo na produção de petróleo e gás no Brasil

Receba as matérias da sua cidade em primeira mão no seu smartphone ou tablet. WhatsApp CLIQUE AQUI ou Telegram CLIQUE AQUI

PÁGINA INICIAL > IMPRENSA > NOTÍCIAS

Estado do Rio reafirma protagonismo na produção de petróleo e gás no Brasil

 20 de fevereiro de 2021

 O Estado do Rio de Janeiro reafirmou o protagonismo na produção de petróleo e gás no Brasil. De acordo com dados do Boletim Anual de Produção 2020 da Agência Nacional do Petróleo (ANP), em 2016, o Estado fluminense correspondia a 66,9% da produção nacional de petróleo e, em 2020, responde por 79,3%. O mesmo aconteceu com o gás natural – 43,8%, em 2016 e, em 2020, 55,8% de todo produzido nacionalmente.

 – Os números falam por si e reforçam a potencialidade do nosso estado no setor energético. O Governo do Estado tem atuado para atrair cada vez mais empresas, principalmente para a região Norte Fluminense. Trabalhamos para nos consolidarmos como o maior hub energético do país, gerando emprego e renda para a população do estado – ressaltou o governador em exercício Cláudio Castro.

 Segundo o secretário de Estado de Desenvolvimento Econômico, Energia e Relações Internacionais, Leonardo Soares, os números reforçam o potencial natural do Rio para o desenvolvimento de toda cadeia do setor de energia.

 – O Rio de Janeiro já é um hub energético nacional, e com todos os projetos que virão, continuará mantendo esse protagonismo – afirmou.

 O volume de gás natural produzido em campos de petróleo localizados no litoral norte do Rio de Janeiro e os empreendimentos localizados na região Norte Fluminense, em especial no entorno do Porto do Açu, representam uma oportunidade única para o estado.

 – Temos uma grande oportunidade para reindustrialização do estado a partir do gás natural – completou o secretário.

 O Governo do Rio vem trabalhando para melhorar o ambiente de negócios do setor de gás natural com a Nova Regulação Estadual, alinhada ao Novo Mercado de Gás, para beneficiar os consumidores, principalmente as grandes indústrias, o setor de geração termelétrica e grandes comércios.

 Gás Natural: Rota 3 em fase de implantação

 O subsecretário estadual de Óleo, Gás e Energia, Daniel Lamassa, lembra que, de acordo com a Empresa de Pesquisa Energética (EPE), o Rio de Janeiro poderá receber três rotas para escoamento de gás natural, sem contar com a Rota 3 que está em fase final de implantação.

 – Isso atrairá mais indústrias para o estado – avaliou Lamassa, acrescentando que a expectativa do aumento de preços do petróleo em cenário internacional indica uma retomada de investimentos no setor no Rio de Janeiro.

 

você pode gostar também
Comentários
Carregando...

Este site utiliza cookies para melhorar sua experiência. Nós garantimos que está tudo certo com isso, mas você pode não desejar isso. Aceitar Saiba Mais

%d blogueiros gostam disto:
Click to listen highlighted text!