Nilópolis Online
Notícias de Nilópolis todo dia

Baixada Fluminense vai ganhar Centro Integrado de Comando e Controle

PÁGINA INICIAL > IMPRENSA > NOTÍCIAS

Baixada Fluminense vai ganhar Centro Integrado de Comando e Controle

27 de fevereiro de 2021

 

A tecnologia será aliada do Governo do Estado para aumentar a segurança na Baixada Fluminense. Este é o objetivo do Centro Integrado de Comando e Controle (CICC-BF) que será instalado em Duque de Caxias e atenderá 17 municípios. O governador em exercício Cláudio Castro assinou, neste sábado (27/02), o convênio entre o Governo e o Consórcio Integrado de Segurança Pública da Baixada Fluminense (CISPBAF), representado por seu presidente, o prefeito de Caxias, Washington Reis.Serão investidos R$ 15 milhões em inteligência policial, disponibilizados pela Assembleia Legislativa do Estado do Rio de Janeiro (Alerj), em 2019. O Governo do Estado já descentralizou a quantia para viabilizar a compra dos equipamentos necessários, como as câmeras que serão usadas para monitorar as ruas. O espaço terá um cinturão eletrônico com monitoramento por vídeo para regiões urbanas, redes de comunicação e uso de softwares inteligentes de reconhecimento facial e de placas de automóveis. O CICC será construído em um prédio na Avenida Brigadeiro Lima e Silva, 1189, no bairro Jardim 25 de Agosto.- A implantação do Centro Integrado é o retrato deste momento de parceria que estamos vivendo, com Governo do Estado, prefeituras e Alerj, além do governo federal, trabalhando juntos. Este investimento vai permitir que, através do monitoramento, tenhamos resultados efetivos e inteligentes na segurança pública, reduzindo os índices de criminalidade sem colocar em risco a vida dos policiais. A Baixada Fluminense é um dos celeiros de crescimento do nosso Estado, um importante hub de logística. Com as informações do CICC vamos trazer segurança e isto vai gerar investimentos, novas empresas na região e emprego e renda para a população. Além disso, vamos ter melhorias na mobilidade urbana e na prevenção de catástrofes, por exemplo – disse o governador em exercício Cláudio Castro.O CISPBAF, criado por iniciativa da prefeitura de Caxias, já agrega os seguintes municípios (alguns até de outras regiões do estado): Angra dos Reis, Belford Roxo, Duque de Caxias, Guapimirim, Itaboraí, Itaguaí, Japeri, Magé, Mangaratiba, Mesquita, Nilópolis, Nova Iguaçu, Paracambi, Queimados, São Gonçalo, São João de Meriti e Seropédica. Em um só local será possível ter representantes das polícias Civil, Militar, Federal e Rodoviária, além de defesa civil e guardas municipais. No local será possível entrar em contato rapidamente com as autoridades das cidades e do estado para auxiliar no processo de tomada de decisão. A população também terá a oportunidade de receber informações mais rapidamente sobre trânsito, pontos de alagamento e qualquer atividade que interfira em sua rotina.- O Centro Integrado vai ser o cérebro para o fornecimento de imagens que vão ajudar a melhorar os índices de segurança. Isso é fundamental para atrair empresas e dar continuidade na vocação logística da Baixada Fluminense – afirmou o prefeito de Duque de Caxias e presidente do CISPBAF, Washington Reis.Dados de Segurança na BaixadaSegundo dados do Instituto de Segurança Pública (ISP), a Baixada Fluminense registrou queda de 20% nos homicídios dolosos em 2020 na comparação com o ano anterior. As mortes por intervenção de agente do Estado tiveram retração de 23%, o menor número desde 2017. O roubo de cargas manteve a curva descendente que teve início em 2017. De acordo com estudo divulgado pelo ISP em outubro, que cruzou dados dos usuários do Google com os registros de ocorrência da Secretaria de Estado de Polícia Civil, essa queda dos roubos de carga não tem correlação estatística com o isolamento social por conta do coronavírus.

você pode gostar também
Comentários
Carregando...

Este site utiliza cookies para melhorar sua experiência. Nós garantimos que está tudo certo com isso, mas você pode não desejar isso. Aceitar Saiba Mais

%d blogueiros gostam disto: