Nilópolis Online
Notícias de Nilópolis todo dia

Faetec reforça o caixa das escolas da Rede com o repasse de R$1,5 milhão

PÁGINA INICIAL > IMPRENSA > NOTÍCIAS

Faetec reforça o caixa das escolas da Rede com o repasse de R$1,5 milhão

7 de abril de 2021

A Fundação de Apoio à Escola Técnica (Faetec), órgão vinculado à Secretaria de Estado de Ciência, Tecnologia e Inovação, destinou R$ 1,5 milhão às unidades escolares da rede para a estruturação de laboratórios que auxiliam na prática das atividades remotas. Esse é o segundo repasse financeiro às unidades em três meses. O primeiro montante, no valor de R$ 8,5 milhões, foi reservado para a adequação dos equipamentos.

 

Neste primeiro momento, serão beneficiadas 28 unidades, com recursos da ordem de R$ 50 mil cada. A decisão de reforçar o caixa, onde há polos abertos, foi tomada pela atual gestão da Faetec visando atender ações de combate à disseminação do novo coronavírus no âmbito escolar. Os recursos podem ser utilizados na readequação dos espaços e na aquisição de insumos que zelem pela segurança dos alunos, além de aprimoramento dos equipamentos tecnológicos dos laboratórios.

 

– O recurso visa dar mais flexibilidade às unidades para que, assim, possam resolver suas necessidades do dia a dia e assegurar as ações de controle sanitário. A gente espera que os alunos consigam ser amplamente atendidos na realização de suas atividades remotas. Para isso, os valores estão sendo repassados em parcela única, considerando a emergência de adotar medidas de segurança no combate ao coronavírus – ressalta o presidente da Faetec, João Carrilho.

 

– É fundamental investirmos em uma infraestrutura que permita que os alunos voltem às aulas com todos os cuidados de higiene necessários para evitar a propagação da covid-19. Além disso, esses recursos também vão possibilitar a modernização dos laboratórios de informática, facilitando o aprendizado dos alunos, sobretudo no que se refere ao ensino remoto. Hoje a Faetec dá um passo importante na construção de um espaço mais inovador e em sintonia com a necessidade de alunos e professores – garante Dr. Serginho, secretário de Estado de Ciência, Tecnologia e Inovação.

você pode gostar também
Comentários
Carregando...

Este site utiliza cookies para melhorar sua experiência. Nós garantimos que está tudo certo com isso, mas você pode não desejar isso. Aceitar Saiba Mais

%d blogueiros gostam disto: