Nilópolis Online
Notícias de Nilópolis todo dia

Agentes de segurança e salvamento começam a ser vacinados contra a Covid-19

PÁGINA INICIAL > IMPRENSA > NOTÍCIAS

Agentes de segurança e salvamento começam a ser vacinados contra a Covid-19

14 de abril de 2021

 

O clima de esperança e alívio reinou no primeiro dia da campanha de vacinação contra a Covid-19 para os agentes de segurança e salvamento que estão na ativa. O Governo do Estado começou, nesta quarta-feira (14/4), a imunizar policiais civis (apenas no Grande Rio), militares e rodoviários federais, além de bombeiros, com a primeira dose da CoronaVac, produzida pelo Instituto Butantan em parceria com a farmacêutica chinesa Sinovac.

 

O primeiro PM a ser vacinado no Batalhão de Choque da Polícia Militar foi o subtenente Paulo José Queiroz, de 57 anos, lotado no 9º BPM e integrando o Leblon Presente. Ele não escondeu sua gratidão e felicidade ao receber a primeira dose.

 

– A vacinação é um incentivo para todos nós, agentes de segurança. Trabalhamos diretamente com a população. A gente se expõe constantemente ao vírus. Somos prestadores de serviços essenciais, assim como médicos, enfermeiros e bombeiros. Hoje foi dado um passo muito importante para a nossa categoria. Convido todos os meus colegas de farda e as demais forças para fazerem parte desta campanha – ressalta o subtenente.

 

Porta-voz da Polícia Militar, major Ivan Blaz destacou a importância de imunizar os agentes de segurança neste momento da pandemia.

 

– Por meio de esforços logísticos feitos pelo Governo do Estado e pala Secretaria Estadual de Saúde, os órgãos de segurança começaram a vacinar homens e mulheres que não pararam de trabalhar um segundo durante a pandemia. Esses agentes, que estão em constante contato com o público, acabam sendo vetores de transmissão do vírus, levando a doença para suas famílias – explica Blaz, acrescentando: – Vale ressaltar que a imunização dos agentes de segurança não impacta o cronograma do Plano Nacional de Vacinação (PNI).

 

Diretor da Policlínica da Polícia Civil do Estado, o perito médico-legista Roger Ancelotti também falou sobre a relevância da vacina para os agentes.

 

– Ainda temos policias na ativa com mais de 70 anos. Essa vacina é essencial para a corporação. Agradeço pela realização desta campanha de imunização – diz Ancelotti.

 

Primeiro aluno a ser vacinado no curso especial de formação de cabos do Corpo de Bombeiros, Fábio Carvalhais se disse mais tranquilo para seguir a rotina de trabalho nas ruas:

 

– Essa vacinação é uma conquista da tropa, de toda a corporação e, porque não dizer, de toda a população fluminense. Assim, podemos salvar vidas com segurança.

 

A vacinação das forças de segurança, que nesta fase inicial destina-se aos agentes com mais de 50 anos, ocorrerá exclusivamente nos batalhões da PM e em outras unidades militares para não interferir no andamento da imunização da população. A previsão é que sejam oferecidos cerca de 20 postos, que funcionarão das 9h às 16h.

. Já para bombeiros, acontece em Guadalupe, no Complexo de Ensino e Instrução Coronel Sarmento, e em Campinho, onde fica a 1ª Policlínica do Corpo de Bombeiros. O planejamento das próximas semanas vai respeitar a logística de distribuição dos kits pela Secretaria de Estado de Saúde. O calendário, a relação dos beneficiados e os próximos locais de vacinação serão atualizados e divulgados no decorrer da campanha.


   

   

   

você pode gostar também
Comentários
Carregando...

Este site utiliza cookies para melhorar sua experiência. Nós garantimos que está tudo certo com isso, mas você pode não desejar isso. Aceitar Saiba Mais

%d blogueiros gostam disto: