Nilópolis Online
Notícias de Nilópolis todo dia

Secretaria de Serviços Públicos de Nilópolis alerta para perigos de agulhas e seringas descartadas de forma incorreta

A Secretaria Municipal de Serviços Públicos está realizando nas redes sociais uma campanha para alertar a população quanto aos riscos associados ao descarte incorreto de agulhas e seringas usadas em domicílio, assim como orientar a forma correta de fazê-lo.

Agulhas e seringas são importantes para a manutenção da saúde de milhões de pessoas, todos os dias. O uso de medicamentos injetáveis tem se tornado cada vez mais frequente.

Não há uma estimativa exata quanto ao número de agulhas e seringas utilizadas fora dos estabelecimentos assistenciais de saúde, mas no Brasil há cerca de 16,8 milhões de pessoas com diabetes, e pelo menos 1 milhão faz uso diário da insulina, que vem salvando vidas há cerca de 100 anos. Some-se a isso o uso de lancetas para o monitoramento do diabetes com testes de ponta de dedo, e o uso de injetáveis para o manejo de outras entidades clínicas como sobrepeso e obesidade, infertilidade e deficiência de hormônio de crescimento, entre tantas outras.

“Infelizmente o descarte incorreto de agulhas e seringas é frequente. Erros comuns são o descarte no lixo comum e até no vaso sanitário. Esses objetos precisam ser descartados com segurança para minimizar o impacto ambiental, o risco de ferimentos acidentais e a propagação de doenças infecciosas entre as pessoas que manuseiam o lixo dentro de casa ou fora dela”, alertou o secretário de Serviços Públicos, Sinézio Perez.

A campanha foi motivada devido ao número crescente desse tipo de material que vem sendo descartado no lixo domiciliar, gerando preocupação nos garis que trabalham diariamente e se deparam com o risco de acidentes.

“Infelizmente as pessoas não se preocupam com quem vai manusear esse material depois de descartado. É preciso consciência da população em entender que o lixo pode ser revirado por catadores, animais e que até chegar ao destino final ele passará pelas mãos dos profissionais que atuam na coleta. Isso sem falar nos danos ambientais que essas seringas e agulhas podem causar”, disse o engenheiro ambiental, Francisco Penã.

Como fazer o descarte correto

O descarte de agulhas e seringas deve ser feito logo após o uso. Pode-se utilizar recipientes próprios para perfurocortantes, vendidos em lojas especializadas, ou improvisar um coletor caseiro usando uma embalagem com paredes resistentes a perfurações e rupturas, e com uma tampa que vede bem (embalagem vazia de amaciante de roupas, por exemplo). Também é preciso identificar a embalagem informando a presença de agulhas. Quando 2/3 da embalagem estiverem preenchidos, a mesma deve ser levada à Unidade de Saúde mais próxima para receber o destino e tratamento adequados.

Onde fazer o descarte gratuitamente:

Posto de Atendimento Médico e Sanitário do Cabral
Rua Roldão Gonçalves, s/n, Cabral

Posto A. de A. Machado
Rua Mário Valadares, s/n, Novo Horizonte

Posto Dorvil Almeida Lacerda
Rua José Couto Guimarães, 1299, Paiol

Posto Médico Rosa Maria Perez
Rua Mal. Deodoro, 555, Nova Cidade.
Tel.:3762-8320

Posto Nova Olinda
Rua Amadeu Lara, s/n, Olinda.
Tel.:3039-2426

Posto Programa de Saúde da Família – Cabuís
Rua General Mena Barreto, s/nº, Cabuís

Posto Programa de Saúde da Família – Nova Olinda
Rua Pedro Roque, 13, Olinda
Tel.: 3039-2426

Posto Programa de Saúde da Família – Manoel Reis
Rua Antônio João Mendonça, s/nº, Manoel Reis.
Tel.: 3039-5992

Posto Programa de Saúde da Família – Frigorífico
Rua Dr. Rufino Gonçalves Ferreira, s/n, Frigorífico

Posto Dr. Armando Almeida 
Rua: Marques Canário, 970, Nossa Senhora de Fátima

você pode gostar também
Comentários
Carregando...

Este site utiliza cookies para melhorar sua experiência. Nós garantimos que está tudo certo com isso, mas você pode não desejar isso. Aceitar Saiba Mais

%d blogueiros gostam disto: