Nilópolis Online
Notícias de Nilópolis todo dia

Karina Bronzo, a nilopolitana que mantém a ordem em Petrópolis

Nilópolis é realmente um exportador de talentos. Em qualquer área é possível encontrar um nilopolitano se destacando. Em Petrópolis, no comando de uma das mais importantes secretarias da Prefeitura local está Karina de Freitas Bronzo, 41. É dela a responsabilidade de manter a segurança e a ordem pública na Cidade Imperial.

Desde 2019 à frente da Secretária de Serviços, Segurança e Ordem Pública, Karina é formada em
direito com MBA em Finanças Públicas e já foi diretora de administração e finanças, coordenadora
administrativa e financeira da Prefeitura de Petrópolis.

KARINA BRONZO
Karina sentada ao meio, durante uma reunião na cidade imperial. Foto: Divulgação

“Eu jamais imaginei assumir um posto tão importante e, ao mesmo tempo, difícil de conduzir, porque é uma pasta gigante. Foi uma surpresa que abracei e que tenho buscado conduzir da melhor maneira”, disse.

Nascida na extinta maternidade da Casa de Saúde Regina, apesar de morar em Petrópolis desde 2017, Karina sempre que pode desce a serra e passa uns dias com seus familiares no Centro de Nilópolis.

Conheça agora um pouco mais de mais um talento nilopolitano:

Quais lembranças você guarda de quando morava em Nilópolis?

As melhores possíveis. Nasci, estudei e morei em Nilópolis de fato até abril/2017 (quando fui trabalhar em Petrópolis). Estudei no Centro Educacional Nilopolitano até o primeiro ano do segundo grau e fiz Técnico em Processamento de Dados na ABEU, segundo e terceiro ano do segundo grau. Sempre participei de gincanas escolares e festivais de dança na escola. Essas são minhas melhores lembranças. Minhas amizades, em sua maioria, todas foram construídas em Nilópolis e até hoje permanecem.

Como surgiu a Prefeitura de Petrópolis na sua vida?

Comecei a trabalhar na administração pública em abril de 1998, na Prefeitura de Nova Iguaçu. Lá fiquei até 2011, quando fui trabalhar no Estado. Em 2015, fui para a Secretaria de Estado de Habitação, cujo Secretário da pasta posteriormente se tornou Prefeito de Petrópolis. Recebi o convite, encarei o desafio e até hoje estou aqui na mesma pasta (Secretaria de Serviços, Segurança e Ordem Pública – SSSOP).

E como é ser a responsável por cuidar de uma pasta tão importante para a Cidade Imperial?

É uma responsabilidade tamanha, por ser uma cidade histórica, valorosa também por suas belezas naturais. A Segurança e Ordem Pública andam juntas e há uma forte integração das forças de segurança. Isso colabora muito para que o Município se mantenha como o mais seguro do Estado do Rio de Janeiro. Além disso, temos uma sociedade civil participativa, o que colabora, muito, para que as ações sejam implementadas com mais celeridade.

Poderia destacar algumas das ações e realizações da sua gestão aí em Petrópolis?

A Secretaria de Serviços, Segurança e Ordem Pública tem como atribuição manter a ordem e a manutenção da Segurança Pública Municipal em conjunto com as Forças de Segurança. Temos a segunda Guarda Civil Municipal mais antiga do Brasil, que desenvolve um lindo trabalho de cinoterapia com cães, com pacientes do Centro de Terapia Oncológica. Além disso, desempenhamos ações com cães para detecção de drogas, que só este ano participou de mais de 40 ações conjuntas com as Forças de Segurança.

A Secretaria participou/participa ativamente das ações de combate ao COVID-19. Vivemos momentos de muita tensão, mas com a vacina, melhores dias estão surgindo e a vida, aos poucos, está voltando ao normal.

Faça um comparativo entre Nilópolis e Petrópolis.

Em se tratando de segurança pública, os números falam por si, pois entendo que a participação da sociedade civil na implementação de políticas públicas é imprescindível. Além disso, a integração das Forças de Segurança é muito importante para que mantenhamos os baixos índices de criminalidade. Isso acontece de forma sinérgica em Petrópolis.

Karina aproveita para convidar os nilopolitanos a curtirem um passeio na cidade imperial:

“Petrópolis está de portas abertas para os nilopolitanos. Venham conhecer o Museu Imperial,  o Palácio Quitandinha, o Castelo de Itaipava, os nossos restaurantes com comidas típicas da região, enfim, é muita coisa para vocês aproveitarem. Venham, tenho a certeza que vocês vão se apaixonar”, conclui.

você pode gostar também
Comentários
Carregando...

Este site utiliza cookies para melhorar sua experiência. Nós garantimos que está tudo certo com isso, mas você pode não desejar isso. Aceitar Saiba Mais

%d blogueiros gostam disto: