Nilópolis Online
Notícias de Nilópolis todo dia

PM é assassinado a tiros após discussão com guarda municipal em Nilópolis

Um Policial Militar que estava de folga, foi assassinado a tiros em Nilópolis na noite deste domingo (08). Segundo informações, o caso aconteceu na Praça Santos Dumont, no bairro de mesmo nome.

No local teria ocorrido um desentendimento envolvendo um homem e duas mulheres. Vendo a cena, o Cabo Cristiano Loiola Valverde foi tentar apartar a briga e acabou sendo baleado e morto por Max Aurélio da Costa Biassotto Ferreira, que é  Guarda Municipal do Rio de Janeiro.

GUARDA MUNICIPAL
O GM Max foi preso após a confusão. Foto: Divulgação

 

De acordo com testemunhas, Max sacou uma arma e efetuou vários disparos contra o PM, que morreu na hora. Lotado na Coordenadoria de Polícia Pacificadora (CPP), o cabo Valverde deixa uma filha de 15 anos. O local o crime foi periciado e as investigações seguem na Delegacia de Homicídios da Baixada (DHBF). Os agentes investigam se ambos tinham problemas anteriores, já moravam na mesma rua.

POLICIA
Foto: Reprodução da Internet

 

Imagens gravadas por populares mostram que depois do assassinato, Max foi detido por pessoas que estavam na praça, e depois preso em flagrante por um policial militar de folga.

Horas antes da morte, o policial que estava na PM desde 2014, publicou um texto em uma rede social em que dizia “que a vida não avisa quando vai acabar”.

você pode gostar também
Comentários
Carregando...

Este site utiliza cookies para melhorar sua experiência. Nós garantimos que está tudo certo com isso, mas você pode não desejar isso. Aceitar Saiba Mais

%d blogueiros gostam disto: