Nilópolis Online
Notícias de Nilópolis todos os dias

Publicidade

Nilópolis perde mais uma figura ilustre. Morre o deputado federal Simão Sessim

Morreu na madrugada desta segunda-feira (16) mais uma figura ilustre do município de Nilópolis. Aos 85 anos, o ex-deputado federal, Simão Sessim, não resistiu as complicações provocadas pela Covid-19.

Segundo informações, Simão Sessim contraiu a doença durante o tratamento que vinha fazendo contra um câncer no cérebro. Ele estava internado há cerca de dois meses.

Em 20 de junho fez sua última postagem na sua página oficial no Facebook. Ele escreveu:

500 mil vidas perdidas pela pandemia que afeta o nosso Estado do Rio de Janeiro, nosso Brasil e todo o mundo. Presto minha solidariedade a cada pai, mãe, filhos, amigos e parentes, que perderam seus entes queridos, meio milhão de pessoas que partiram e tiveram seus sonhos interrompidos.
Que as profundas feridas deste momento sejam transformadas em força e coragem para nosso povo superar toda dor, e lutar para ter de volta o nosso Brasil, justo e solidário. Nenhum mal dura para sempre.
Por favor, continue se cuidando e de quem está próximo a você. Quando chegar sua vez, vacine. Sairemos dessa situação, mais fortes.
Advogado e professor de carreira, Simão Sessim foi um dos deputados com maior número de mandatos. De 1979 até 2019 ele exerceu o dez mandatos consecutivos de deputado federal pelo Rio de Janeiro. Antes porém, foi prefeito de Nilópolis no período de 1973 até 1977, sucedendo Reinaldo Doyle Maia.
SIMÃO E FARID
Farid e Simão perderam a batalha contra a Covid. Foto: Facebook

 

Era primo do patrono do G.R.E.S. Beija-Flor de Nilópolis, Aniz Abraão David e de Farid Abrão David, este último, morto em dezembro do ano passado após ter contraído Covid.

Ele deixa um legado político e dois filhos: o médico Marcelo Sessim e o engenheiro e ex-prefeito Sérgio Sessim, além dos netos Sérgio, Simão, Saulo, Nathalia, Marcelinho e Sophia Vitória. Ainda não há informações sobre o horário do sepultamento, que deve ocorrer no jazigo da família no Cemitério de Ricardo de Albuquerque.

Conheça mais sobre Simão Sessim

Filho de Sessim David e Regina Simão. Advogado formado em 1969 pela Universidade Gama Filho assumiu a direção do Instituto de Educação Rangel Pestana em Nova Iguaçu em 1964 onde permaneceu até ser nomeado Secretário Municipal de Educação em 1969 e chefe de gabinete da prefeitura. Foi procurador-geral de Nilópolis e assessorou a presidência da Fundação para o Desenvolvimento da Região Metropolitana do Rio de Janeiro (FUNDREN) no governo Faria Lima.

Membro da UDN antes do Regime Militar de 1964 foi eleito prefeito de Nilópolis em 1972 pela ARENA e nesta legenda foi eleito deputado federal pelo Rio de Janeiro em 1978 sendo reeleito pelo PDS em 1982 e nesse novo mandato ausentou-se da votação da Emenda Dante de Oliveira em 1984 e votou em Tancredo Neves no Colégio Eleitoral em 1985, fato que o fez ingressar no PFL renovando o mandato em 1986 e 1990. Partícipe da Assembleia Nacional Constituinte que elaborou a Constituição de 1988, votou pelo impeachment de Fernando Collor em 29 de setembro de 1992 filiando-se ao PPR e ao PSDB pelo qual perdeu a prefeitura de Nilópolis em 1996. Filiado ao PPB foi reeleito em 1998 e 2002 obtendo novos mandatos pelo PP em 2006 e 2010.[3] Em 17 de abril de 2016, votou favoravelmente pelo impeachment da presidente Dilma Rousseff.

Já durante o Governo Michel Temer, votou a favor da PEC do Teto dos Gastos Públicos. Em abril de 2017 foi favorável à Reforma Trabalhista. Em agosto de 2017 votou a favor do presidente Michel Temer, no processo em que se pedia abertura de investigação, e que poderia lhe afastar da presidência da república.

Tentou se reeleger deputado federal em 2018 mas não conseguiu alcançar votos suficientes. Era o fim de uma série de dez mandatos consecutivos. Seu último cargo político era o de representante do Governo do Estado do Rio de Janeiro, em Brasília.

“Nunca parei! Trabalhei como professor lecionando, dirigindo o Instituto de Educação de Nova Iguaçu e o Colégio Aidano de Almeida. Fui Secretário de Educação de São João de Meriti e de Nova Iguaçu; procurador Geral da Prefeitura de Nilópolis. Em 1973 iniciei a carreira política, quando fui prefeito de Nilópolis para o período de 1973/1977. Depois fui assessor parlamentar e deputado federal, entre 1979 e 2019. Ao todo foram 10 mandatos consecutivos. Atuei no Congresso Nacional até 2019, quando não fui reeleito”, resumiu Simão Sessim, em entrevista concedida em 2020 ao Jornal Tribuna da Imprensa Livre.

O Jornal Tribuna da Imprensa Livre fez uma matéria com Simão Sessim em 2020, onde ele resumiu os 50 anos de carreira política. CLIQUE AQUI PARA LER.

você pode gostar também
Comentários
Carregando...

Este site utiliza cookies para melhorar sua experiência. Nós garantimos que está tudo certo com isso, mas você pode não desejar isso. Aceitar Saiba Mais